- Publicidade -

Por que o Dia Mundial da Bicicleta é comemorado em 3 de junho?

Saiba mais sobre a magrela e confira atividades presenciais e online em comemoração ao modal

Dia Mundial da Bicicleta
Osiris pedala sua bike empinando Pipa em Caceres – MT | Projeto Transite – Felipe Baenninger

O Dia Mundial da Bicicleta é comemorado em 3 de junho. A data foi escolhida em 2018 pela ONU (Organização das Nações Unidas) para promover esse meio de transporte simples, barato e não poluente, sendo, portanto, uma ótima alternativa de mobilidade para melhorar a qualidade do ar das cidades.

- Publicidade -

Ao criar o Dia Mundial da Bicicleta, a ONU pediu aos países que levassem em conta o meio de transporte alternativo ao formularem medidas de infraestrutura, garantindo em especial a melhoria das rodovias e buscando formas de prevenir acidentes. Além disso, salientou que é preciso incentivar o uso e as vantagens da bicicleta como uma forma de promover desenvolvimento sustentável e de reforçar a educação física para crianças e jovens, uma vez que o pedalar é considerado um exercício de intensidade moderada.

Já a OMS (Organização Mundial da Saúde) ressalta que caminhar e pedalar são uma forma também de atingir mais igualdade de saúde, uma vez que em áreas urbanas mais pobres, que não podem pagar por veículos como carros, a bicicleta e a caminhada acabam proporcionando atividade física e a locomoção ao mesmo tempo em que reduzem riscos de doenças crônicas como diabetes, câncer e doenças coronárias.

Em uso há dois séculos, a bicicleta já é o principal modal de transporte de muitas pessoas. De todo modo, a organização de passeios de bike são sempre bem vindos para incentivar o lazer, a socialização e o compartilhamento desta paixão em comum: a bicicleta!

Abaixo você confere um compilado de atividades gratuitas online e presenciais (que acontecem em São Paulo) em comemoração ao Dia Mundial da Bicicleta:

- Publicidade -

Sobre duas rodas pelo Brasil

O Projeto Transite é uma exposição que reúne 41 fotos feitas ao longo de mais de três anos por Felipe Baenninger, conduzindo uma bicicleta. As imagens retratam personagens e cenas do ciclismo popular e mostram como o Brasil se movimenta em duas rodas.

exposição sobre bicicleta
Jovem executa a manobra Grau em itubera – BA | Projeto Transite – Felipe Baenninger

O documentário fotográfico, que pode ser acompanhado de forma online e totalmente gratuita no Sesc Digital, mostra o uso do veículo no país e foi idealizado, realizado e teve a curadoria do próprio fotógrafo, que rodou cerca de 40 mil quilômetros em estradas brasileiras capturando cenas do cotidiano dos ciclistas.

A iniciativa ainda resultou em um volume impresso, editado em 2016, por meio de uma campanha de financiamento coletivo, contendo 81 retratos. Trata-se de um livro com ensaio exclusivo e um caderno de textos de diversos autores ciclistas, que revelam diferentes nuances sociais, históricas e culturais brasileiras.

- Publicidade -

Conheça o Projeto Transite. A exposição pode ser vista até 30 de setembro de 2023.

Curso gratuito Ciclismo e Lazer

Além da exposição, o Sesc Digital traz uma oportunidade para os amantes e curiosos da bike. Trata-se do curso gratuito Ciclismo e Lazer, que tem conteúdo desenvolvido e apresentado pelo cicloativista Willian Cruz, idealizador do site Vá de Bike e com mais de 20 anos de pedal, em parceria com a Gerência de Desenvolvimento Físico e Esportivo do Sesc São Paulo.

curso online de bicicleta
Willian Cruz ministra o curso EAD Ciclismo e Lazer no Sesc Digital

Com o objetivo de propor uma abordagem ampla sobre a bicicleta e seu uso como meio de lazer, prática esportiva, deslocamento e viagens, o curso apresenta possibilidades sobre passeios pela cidade, práticas esportivas, e viagens sobre duas rodas promovendo mais saúde, segurança e sustentabilidade a ciclistas de todas as idades.

Com linguagem acessível, curiosidades, relatos de experiências e dicas, o curso possui seis aulas de aproximadamente 20 minutos e apresenta a trajetória histórica da bicicleta, passando por grupos de ciclistas, modalidades esportivas do pedal, cicloturismo e estruturas para a circulação segura, por meio de vídeos e materiais complementares com artigos, referências de leituras, filmes e outros conteúdos que enriquecem a pesquisa sobre o tema. A ideia é que qualquer pessoa, independentemente da idade ou do condicionamento físico, possa aderir a essa prática, e há muitas opções para começar.

Curso gratuito EAD Ciclismo e Lazer. São 6 videoaulas de 20 minutos cada.

Circuito cultural

No dia 4 (domingo), o campus USP do Butantã ficará aberto para toda população com um evento inédito em comemoração ao Dia Mundial da Bicicleta (3 de junho) e ao Dia Mundial do Meio Ambiente (5 de junho).

Nesta data, a Cidade Universitária será conectada à Ciclofaixa de Lazer da cidade de São Paulo no trecho da rua Alvarenga, podendo ser acessada por pedestres e bicicletas. Dentro do campus, serão instaladas sete tendas com atividades ambientais e culturais. Entre os destaques, o público poderá também aproveitar para visitar o Museu de Arqueologia e Etnografia (MAE) da USP, que abrirá neste domingo excepcionalmente para receber os participantes do evento.

Dia da bicicleta
Campus da USP conta com estrutura cicloviária permanente que irá atender também ao evento. | Foto: USP Imagens | Marcos Santos

O público poderá chegar no evento pedalando a própria bicicleta nas ciclofaixas, mas também será possível utilizar o serviço Bike Sampa. O estacionamento de automóveis também estará liberado no campus.

Para facilitar o planejamento do percurso, totens vão indicar uma sugestão de circuito contemplando todas as atrações. Com cerca de 4 km, o roteiro está concentrado em uma área plana, permitindo a participação de famílias e sem exigir muito do preparo físico. O mapa pode ser consultado previamente no site cultura.usp.br, juntamente com outras informações sobre o evento.

Confira as atrações:

  • Física da Bicicleta

O Laboratório de Demonstrações “Ernst Hamburger” do Instituto de Física da USP estará com exposições e atividades interativas demonstrando os conceitos envolvidos na bicicleta e que explicam porque este é o veículo mais eficiente que existe.

  • Raia Olímpica

Os participantes poderão entrar na área da raia, conhecer o espaço, tirar belas fotos e conhecer melhor a história do local e do esporte.

  • USP Sustentabilidade

Oficinas de plantio e horta urbana.

  • Coralusp

Apresentações musicais de diferentes grupos e com repertórios variados.

  • Centro de Preservação Cultural da USP

Equipe de educadores conversando com o público com orientações sobre o patrimônio cultural que pode ser visto na USP, como monumentos e estátuas, além de conceitos mais abrangentes sobre patrimônio.

  • Matemateca

A exposição interativa surpreende e convida visitantes a enxergar aspectos instigantes da matemática por meio de objetos feitos para encantar e desafiar mesmo aqueles que não costumam ter uma relação tão amigável com essa ciência.

  • Dinossauros do Brasil

Coordenada pelo professor Luiz Eduardo Anelli, a exposição de crânios e informações sobre os dinossauros brasileiros também conta com banners e monitores do Instituto de Geociências explicando os detalhes da evolução da Terra.

Reparos gratuitos no interior

Com um bicicletário com capacidade para 36 “magrelas”, ferramentas, bomba de ar e até armário com senhas, o Parque D. Pedro Shopping, localizado em Campinas (SP), realiza neste sábado (3) um evento com várias atividades das 9h às 12h.

Bike Parque D. Pedro Shopping
Foto: Parque D. Pedro Shopping | Divulgação

Haverá pequenos reparos gratuitos, feitos pelos técnicos da Shimano, aula de outdoor cycle e até testes com bikes à venda pela Decathlon. Será também oferecido um desconto especial: 5% na compra de uma bicicleta e acessórios para ciclismo e 10% para quem comprar uma bike e o seguro na loja Decathlon.

Professores capacitados e com formação na área de Educação Física vão orientar sobre postura, a melhor maneira de pedalar e dicas de posicionamento na bike. A Bodytech vai realizar duas aulas gratuitas de outdoor cycle, com vagas limitadas, às 9h15 e às 10h15. Para participar, basta se inscrever no site do Parque D. Pedro Shopping. O evento acontecerá no estacionamento da Entrada Árvores, na Praça BeGreen.