POLÍTICA DE CONTEÚDO

Olá, tudo bem?

Você curte o conteúdo do CicloVivo e quer replicar nossas notícias?

Nós ficamos muito contentes por isso, mas, pedimos a gentileza que atentem-se à nossa política de direitos autorais, para que você possa usar o nosso conteúdo de maneira ética e segura.

O CicloVivo libera apenas os dois parágrafos iniciais de cada matéria, seguido do link: Continue lendo a matéria no CicloVivo. Esta informação deve possuir o hyperlink para matéria original. Veja um exemplo:

Quênia se prepara para ter a maior fazenda eólica de toda a África

Serão 365 turbinas espalhadas por uma área de 162 km2 na região de Turkana Lake, um lago desertificado ao norte do Quênia. O projeto, que conta com muito investimento europeu, representa um grande passo em direção ao desenvolvimento sustentável e em substituição às fontes fósseis de energia.

A usina eólica deve ter capacidade instalada de 310 megawatts, o equivalente a 20% de toda a produção elétrica do país. Essa é uma aposta ousada dos investidores. Durante a busca por empresas e patrocinadores para o projeto os idealizadores esbarraram em diversos empecilhos, principalmente no que diz respeito às dificuldades em transmitir a energia produzida.

Continue lendo a matéria no CicloVivo.

Caso você queira utilizar mais de dois parágrafos de nosso conteúdo entre em contato conosco por e-mail: [email protected] para que possamos conhecê-lo e entender melhor o seu propósito. O CicloVivo está aberto para parcerias e propostas comerciais, todas liberadas apenas mediante uma carta-acordo devidamente assinada.

Nossa política

O conteúdo deste portal de notícias é de total autoria do CicloVivo e está protegido sobre ©Copyright e pela Lei Federal de Direitos Autorais nº 9.610/98. Ou seja, nossas matérias não podem ser reproduzidas (além dos dois parágrafos liberados), em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia e expressa do CicloVivo.

O CicloVivo sempre age com ética e respeita a lei de direitos autorais na produção de seu conteúdo e na divulgação de conteúdo de parceiros ou de sites com conteúdo aberto, CreativeCommons.

Imagens e fotos

Banco de imagens: A maioria das fotos e imagens do CicloVivo são compradas em bancos de imagem da GettyImages. Estas fotos não podem ser utilizadas por terceiros, a não ser que paguem pelo seu uso em contrato direto com a GettyImages. O uso indevido dessas fotos pode acarretar em processos judiciais. O CicloVivo não se responsabiliza pela reprodução dessas fotos e imagens.

CreativeCommons: Nós também utilizamos fotos com direitos autorais livres (CreativeCommons), ou que podem ser replicadas, seguindo condicionantes de direitos de uso, como o nome do fotógrafo e link para foto original. Neste caso, a foto pode ser reutilizada, contanto que você atente-se à política estabelecida por cada autor. O CicloVivo também não se responsabiliza pela reprodução dessas fotos e imagens.

Divulgação: Muitas fotos e imagens que utilizamos são de divulgação, ou seja, enviadas para nós por meio de assessorias de imprensa. O CicloVivo não se responsabiliza pela reprodução dessas fotos e imagens.

Conteúdo publieditorial

Cada vez mais as marcas estão interessadas em divulgar conteúdos relevantes, para se engajar com o público. Seguindo uma tendência de jornalismo e marketing, o CicloVivo também trabalha com conteúdo publieditorial, ou seja, publicamos releases ou produzimos conteúdos sob medida para determinadas empresas ou instituições.

A publicação deste tipo de conteúdo não é feita de forma leviana com nossos leitores. Só é publicada se passar pelos nossos criteriosos olhares e se acreditarmos que o conteúdo seja relevante.

Por que não liberar nosso conteúdo?

O CicloVivo é um site de notícias que sobrevive dos acessos de seus leitores e da venda de publicidade. Nós prezamos muito pelo nosso conteúdo, sempre buscando informações confiáveis e de qualidade e agindo com ética e transparência.

Para funcionar, nós possuímos uma equipe de comunicadores e jornalistas. Muitas vezes, nossa equipe perde horas, ou até mesmo dias, produzindo uma matéria e procurando por fotos. Seria injusto, portanto, alguém simplesmente copiar e colar o nosso conteúdo em segundos e se beneficiar de toda a infraestrutura que o CicloVivo proporcionou.

Lembre-se: Ser transparente e dar os créditos é uma forma ética e sustentável de agir.

O que acontece se você não seguir nossa política de conteúdo?

Desta forma você estará assumindo o risco de sofrer um processo judicial. Tanto do CicloVivo, como de outras partes que se sentirem prejudicadas. De nossa parte, você será notificado para que o nosso conteúdo seja excluído. Caso não haja acordo, o CicloVivo poderá reivindicar por seus direitos na justiça.

Estamos à disposição para esclarecer possíveis dúvidas, é só entrar em contato clicando aqui.

Atenciosamente,

Equipe CicloVivo

[adsforwp id=”96052″]