frio
Foto: Dan Gold | Unsplash

O friozinho já chegou, e isso quer dizer que já podemos começar a guardar as peças de verão para dar espaço às mais quentinhas no armário. Com temperaturas mais amenas, blusas, casaquinhos e cardigãs já estão sendo incorporados nos looks e, muitas vezes, precisam ser higienizados antes para retirar o cheiro de guardado que sempre fica após alguns meses sem uso. E como lavar e preservar as roupas de crochê e tricô? 

As peças feitas à mão exigem um cuidado extra na hora de lavar para não danificar os fios e preservá-las por muitos anos. Por serem delicadas, é importante seguir algumas orientações para garantir a sua durabilidade e bom estado, sem desfiar, desbotar, deformar, encolher ou esgarçar a peça. Afinal, roupas feitas com tanto carinho merecem essa atenção especial, certo?

frio
Foto: Pixabay

Por isso, a equipe de estilo da Círculo, fabricante de produtos para trabalhos manuais, preparou algumas dicas que podem te ajudar a conservar essas peças com facilidade. Confira abaixo:

  1. Prefira lavagens manuais

Higienizar as roupas artesanais à mão é a melhor forma de garantir a longevidade da peça. Até mesmo o modo mais delicado da máquina de lavar pode prejudicar as fibras do fio e distorcer o modelo. Mas, lembre-se: não deixe de molho e nem torça. Lave delicadamente, enxágue, esprema o excesso de água com delicadeza e coloque para secar. 

  1. Não pendure no varal

Estenda as peças sobre toalhas em mesas – se for apoiar em uma superfície, opte por colocar uma toalha da mesma cor da peça para não ter problemas com manchas ou pelinhos – ou varais de chão, caso contrário, elas podem esticar demais no varal convencional e ficar distorcidas. Não use prendedores de roupa, pois eles deixarão marcas. 

  1. Evite deixar secar ao sol

O sol irá desbotar suas peças e danificar as fibras delas. Por isso, além de não pendurar, você deve deixá-las secar à sombra. Isso vale também para as secadoras de roupas: evite.

  1. Use água fria
roupas brancas
Foto: Divulgação

Essa talvez seja uma dica um pouco óbvia, já que a água que sai da torneira e a que é usada na máquina de lavar são frias. Mas, caso pense em esquentar água para lavar sua peça handmade, desista dessa ideia. A água até 40 graus, no máximo morna, é a ideal para as lavagens. Mais quente do que isso, pode fazer com que sua peça encolha e perca o brilho. Principalmente, as feitas com acrílico. 

  1. Utilize sabão neutro

Você pode pensar que o sabão em pó mais cheiroso é a melhor opção para suas peças. Mas ele é considerado agressivo para as fibras delicadas do crochê e do tricô. Por isso, nada melhor do que o sabão neutro para lavá-las perfeitamente e garantir durabilidade por muito tempo. Também não use alvejantes. 

  1. Cuidado na hora de passar

Se precisar passar suas roupas, muito cuidado. Use o ferro nas temperaturas mais baixas, no máximo 110 graus. Coloque um pano em cima da peça, pode ser um pano de prato mesmo. Só evite colocar o ferro em contato direto com os fios, pois isso pode estragar as fibras da sua roupa e ela pode ficar esticada demais. 

  1. Não use cabides

Peças feitas à mão não devem ser penduradas em cabides, mesmo depois de secas. Os pontos ficarão distendidos, e sua peça deformada. Deixe-as dobradinhas em alguma gaveta ou prateleira.

  1. Se for armazenar, proteja

Caso seja artesã e tenha uma encomenda que vá guardar por um tempo antes de entregar ou quando precisar guardar as peças de Inverno para ajustar o guarda-roupa para a próxima estação, prefira manter as roupas e acessórios de crochê e tricô protegidos de poeira e com todas as fibras preservadas. 

Para fazer isso, você pode envolvê-las em papel de seda ou até mesmo usar saquinhos de TNT ou organza, que permitem a respiração do fio e evitam o acúmulo de umidade e, consequentemente, o mofo. 

  1. Sempre guarde as roupas limpas

Algumas pessoas têm o hábito de lavar suas roupas a cada uso, outras não. Usam até sentir que a peça realmente está suja e precisa ser lavada. Porém, cuidado, evite guardar peças sujas no guarda-roupas. Dessa forma, pode fazer com que possíveis sujeiras fiquem fixadas nas fibras do fio. E aí, mesmo quando você lavar sua roupa, ela não ficará completamente limpa e será mais difícil remover manchas.

Por Redação | Casa.com.br