Para fazer o patê de berinjela, me inspirei em uma revista francesa. Na França, ele é conhecido como caviar d’aubergine. Na verdade, este patê é um prato da região do Mediterrâneo, muito comum em países como o Líbano, Armênia, Turquia, Síria, Israel, Grécia e outros. A receita é muito parecida com o famoso Babaganoush, que também é feito com berinjelas assadas, mas temperadas com tahine.

O segredo para fazer um bom patê de berinjela é escolher berinjelas firmes e com a casca brilhante. As menores são as mais saborosas e tem menos sementes, que por sua vez, podem dar um gostinho um pouco amargo ao patê. Para uma versão vegana, usei o iogurte de polpa de coco, mas pode ser feito com iogurte natural.

Uma dica para servir é misturar alho amassado com azeite e espalhar sobre fatias de pão rústico. Leve ao forno para tostar e sirva as fatias de pão tostado acompanhados do patê de berinjela. Fica uma delícia!

Patê de berinjela assada

Patê de berinjela assada

Tempo total 1 hora 30 minutos

Ingredientes
  • 2 berinjelas
  • Azeite de oliva para untar
  • Suco de ½ limão
  • 2 dentes de alho bem picados ou espremidos
  • ½ xícara de iogurte vegano (ou iogurte natural)
  • Sal e pimenta do reino a gosto
  • 1 ou 2 colheres (sopa) de folhas de coentro picadas (ou salsa)

Modo de fazer

  1. Preaqueça o forno (180°C). Forre uma assadeira com papel alumínio e unte com azeite de oliva.

  2. Fure as berinjelas com um garfo e coloque na assadeira. Asse por uma hora, ou até que fique bem macia. Vire as berinjelas 2 ou 3 vezes enquanto elas assam.

  3. Retire as berinjelas do forno, corte ao meio e retire a polpa com uma colher. Coloque a polpa em uma tigela e junte o suco de limão, os dentes de alho e o iogurte.

  4. Misture e tempere com sal e pimenta do reino a gosto. Junte o coentro picado.
  5. Tampe e guarde na geladeira até o momento de servir.

Monica Hering é autora do blog “Santo Legume” que além de publicar receitas simples, fáceis e rápidas, não utiliza nenhum ingrediente de origem animal ou super processado. Tudo com um toque criativo e diferenciado, para provar que comida vegetariana pode ser colorida e saborosa, além de saudável.