ONU escolhe brasileira para definir Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

A ONU escolheu uma brasileira para fazer parte da equipe que será responsável pela construção dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). O documento devia ter sido produzido durante a Rio+20, mas não houve acordo.

A Organização das Nações Unidas (ONU) escolheu uma brasileira para fazer parte da equipe que será responsável pela construção dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). O documento devia ter sido produzido durante a Rio+20 e a falta de acordo foi considerada uma das grandes decepções da Conferência.

Vanessa Petrelli Corrêa, atualmente presidente do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) foi a eleita por Ban Ki-moon, secretário-geral da ONU, para representar o Brasil em meio a outros 25 membros da sociedade civil, governos e setor privado de grandes nações mundiais. David Cameron, premiê britânico, será o líder do Painel Consultivo, ao lado de Susilo Yudhyono e Ellen Sirleaf, presidentes da Indonésia e Libéria, respectivamente.

A base para as discussões será o documento “O futuro que nós queremos”, produzido em junho deste ano, durante a Rio+20. O debate começará durante a Assembleia da ONU, em setembro. A partir daí, o grupo terá um ano para apresentar a proposta final, que deverá entrar em vigor em 2015, para substituir os atuais Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM).

Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável serão metas aplicadas com o intuito de promover o desenvolvimento, aliado ao cuidado ambiental e social. Assim os três pilares da sustentabilidade seriam alcançados, para benefício das gerações atuais e futuras.

Vanessa Petrelli Corrêa acredita que o Brasil terá um papel importante nas discussões. Segundo ela, mesmo que haja divergências entre os interesses dos países ricos e dos que ainda estão em desenvolvimento, é necessário “avançar nas propostas e articular com outros grupos”. Com informações do Globo Natureza.

Redação CicloVivo