Ciclistas criam abaixo-assinado por ciclovias em SP

A decisão do Ministério Público de paralisar as obras nas ciclovias de São Paulo tem gerado indignação e protesto. Desde a última semana organizações em favor do ciclismo urbano têm promovido manifestações e tentado dialogar com as autoridades para reverter a medida aplicada pelo MP. Uma das mobilizações é a petição em favor da implantação de ciclovias em SP criado pelo site Vá de Bike.

O abaixo-assinado on-line conta com o apoio de outras entidades, como o Bike Anjo; o site Bike é Legal, da bikerrepórter Renata Falzoni; Instituto CicloBR; Rede Nossa São Paulo; entre outros.

“A iniciativa representa um enorme passo em direção a uma cidade mais justa, mais inclusiva e mais democrática”, diz a descrição da petição. O documento ainda ressalta a estagnação da capital paulista em relação a outras metrópoles mundiais. “A maior cidade do Brasil ainda está estacionada no século passado em relação à mobilidade. Negar o desenvolvimento sustentável e o uso da bicicleta como alternativa de transporte aos cidadãos é manter um conceito ultrapassado e já abandonado nas cidades mais desenvolvidas do mundo.”

A meta do Vá de Bike é conseguir 25 mil assinaturas. Até o momento a petição já soma 20.733 apoiadores. Para participar basta acessar o site e preencher o abaixo-assinado com nome completo, e-mail e localização.

Clique aqui para assinar.

Bicicletada em favor das ciclovias paulistanas

A última sexta-feira do mês é dia da tradicional Bicicletada. Ciclistas do Brasil e do mundo se reúnem e pedalam pelas ruas de sua cidade para cobrar respeito e mostrar que a bicicleta é um meio de transporte eficiente.

A edição de março da Bicicletada será um grande manifesto em favor das ciclovias da cidade de São Paulo. Os ciclistas da capital paulista contarão com o apoio de ativistas de, pelo menos dezessete outras cidades brasileiras e outros cinco países (Alemanha, Colômbia, Guatemala, Inglaterra e EUA), para protestar contra a decisão do MP.

Clique aqui para saber mais sobre o evento.

Redação CicloVivo