Inicio Meio Ambiente RJ lança projeto de adoção de animais “olímpicos”

Meio Ambiente

RJ lança projeto de adoção de animais “olímpicos”

O projeto integra as ações para os arredores das instalações olímpicas.

4 de abril de 2016 • Atualizado às 13 : 02
RJ lança projeto de adoção de animais “olímpicos”

Depois que o bicho encontrar um lar, outros animais serão apresentados ao público para adoção. | Foto: Renato Sette Câmara

185
0

A Prefeitura do Rio e o Comitê Organizador dos Jogos Rio 2016 lançaram, no mês passado, o projeto #AbraceUmAmigo: uma campanha de adoção de animais domésticos abandonados encontrados nos arredores das instalações olímpicas.

O primeiro animal apresentado ao público foi Zeca, um cachorro vira-lata de três anos e meio, que pesa entre oito e dez quilos, que foi encontrado no Centro de Hipismo em Deodoro, próximo ao Complexo Esportivo.

Zeca foi resgatado por funcionários da SEPDA (Secretaria Especial de Promoção e Defesa dos Animais) que faziam o trabalho de vazio sanitário – período imediatamente após a limpeza e desinfecção de uma área, quando a mesma permanece fechada, sem a presença de animais, até o início de um novo alojamento. Após ser resgatado, o animal foi encaminhado para a Fazenda Modelo, em Guaratiba.

Depois que o bicho encontrar um lar, outros animais serão apresentados ao público para adoção. Os interessados em adotar o primeiro cachorrinho olímpico devem ter em mãos CPF, identidade e comprovante de residência e entrar em contato com a SEPDA pelo telefone (21) 2976-2932 ou dirigindo-se diretamente à Fazenda Modelo, na Estrada do Mato Alto, 5620 (ao lado do Posto de Saúde Maia Bittencourt), em Guaratiba.

Na Fazenda Modelo, um espaço com mais de 13 mil metros quadrados, os animais são cuidados com medicamentos, vacinas, alimentação balanceada e banhos de sol. Entre os serviços prestados no local estão esterilização, atendimento clínico, exames de sangue e cirurgias diversas. O local funciona desde 2008, tratando em período de quarentena os animais recebidos, em sua maioria vítimas de maus-tratos e abandono. Ao receberem alta, eles são levados na campanha itinerante “Adotar é o Bicho!” e também ficam disponíveis para adoção no Centro de Proteção Animal.

O projeto #AbraceUmAmigo  é parceiro do projeto “Adotar é o Bicho”, da SEPDA, e terá duração até outubro, após o término dos Jogos Paralímpicos, resgatando, tratando e colocando para adoção animais (cachorros, gatos e até cavalos e vacas) encontrados no entorno das instalações olímpicas.

 

(185)

logo
Fechar
Abrir
logo