Inicio Vida Sustentável Família sueca troca comida tradicional por orgânica e elimina químicos do organismo

Vida Sustentável

Família sueca troca comida tradicional por orgânica e elimina químicos do organismo

Os resultados foram surpreendentes, especialmente nas crianças.

24 de janeiro de 2017 • Atualizado às 09 : 00
Família sueca troca comida tradicional por orgânica e elimina químicos do organismo

A lista com os químicos encontrados no organismo da família durante a primeira semana é grande e inclui fungicidas, herbicidas, inseticidas e inibidores de crescimento. | Foto: Reprodução/YouTube

53.80K
1

Um experimento realizado pelo Instituto de Pesquisa Ambiental da Suécia (IVL) analisou as diferenças entre uma dieta tradicional e orgânica no organismo humano. O estudo foi realizado com uma família sueca de cinco pessoas durante três semanas.

Nos primeiros sete dias da experiência, os pais e filhos mantiveram a rotina normal, comento os alimentos que consumiam normalmente. Neste período, eles tiveram suas urinas testadas diariamente.

A segunda leva de análise levou duas semanas. Durante este tempo, a família se alimentou apenas com orgânicos e foi novamente testada. Os resultados foram surpreendentes, especialmente nas crianças. Em média, as cargas de pesticidas no corpo foram reduzidas em 95% a partir do momento em que eles pararam de ingerir alimentos cultivados com agrotóxicos e fertilizantes.


Foto: Reprodução/YouTube

Mesmo assim, o estudo esclarece que os níveis de elementos encontrados estão dentro dos limites considerados aceitáveis e que, individualmente, seria improvável que as substâncias acarretassem risco à saúde humana.

No entanto, o relatório deixa claro que a combinação dos diferentes químicos e seu impacto em longo prazo ainda não são claros. Isso significa que a possibilidade de pesticidas diferentes, que reagem em conjunto e dão um efeito positivo ou negativo mais forte ou fraco, ainda não foi suficientemente explorada.

Em nota no relatório, o IVL deixa claro que o ideal é aplicar o princípio da precaução, com métodos agrícolas mais seguros. “Dado o pouco que sabemos atualmente sobre os efeitos da combinação de todas as diferentes substâncias químicas que as pessoas estão expostas no seu dia a dia, pode ser sábio aplicar um princípio de precaução neste segmento.”

A mãe da família, Anette Palmberg, ficou surpresa com as mudanças identificadas no organismo de seus filhos durante a experiência. “No geral, você pensa das crianças. Havia toda uma série de produtos químicos retirados dos corpos dos meus filhos e eu não os quero de volta lá”, concluiu a sueca.

Clique aqui para acessar o estudo completo.

Redação CicloVivo

 

(53800)

logo
Fechar
Abrir
logo