Inicio Vida Sustentável 7 alimentos que fazem bem ao coração

Vida Sustentável

7 alimentos que fazem bem ao coração

O consumo destes alimentos ajuda o órgão a obter os nutrientes de que precisa para desempenhar suas funções.

19 de maio de 2017 • Atualizado às 14 : 51
7 alimentos que fazem bem ao coração

Os alimentos fornecem ao corpo a energia de que precisamos para realizar as atividades do dia a dia. | Foto: iStock by Getty Images

6.70K
0

Os médicos, nutricionistas e demais profissionais da saúde não recomendam cuidar da alimentação à toa. Consumir alimentos que fazem bem ao coração ajuda o órgão a obter os nutrientes de que precisa para desempenhar suas funções e beneficia todo o resto do organismo.

Os alimentos fornecem ao corpo a energia de que precisamos para realizar as atividades do dia a dia, por isso, é tão importante observar o que colocamos no prato a cada refeição. Às vezes, sem perceber, podemos estar ingerindo mais açúcares, gorduras, e alimentos embutidos e industrializados do que deveríamos, acreditando que tudo esteja sob controle em nossa dieta alimentar. Por essa razão, selecionamos 7 alimentos para você incluir no cardápio que vão colaborar com o seu bem-estar global.

Alimentos que fazem bem ao coração e que você deve começar (ou continuar) a consumir

– Abacate

Avocado Smoothie
É um dos alimentos que fazem bem ao coração porque contém ômega 9, um tipo de gordura boa para o organismo, e várias vitaminas do complexo B. Esses compostos ajudam a diminuir o risco de formação de coágulos e, consequentemente, de entupimento das artérias que podem provocar infarto do miocárdio.

– Aveia

Healthy eating: oats and milk
É um tipo de cereal que colabora com a redução do “mau” colesterol (LDL) e o aumento das taxas do “bom” colesterol (HDL), por ser rico em fibras, vitaminas e minerais. O ideal é consumir o equivalente a duas colheres de sopa todos os dias, seja na forma de farelo ou em flocos.

– Linhaça

Green smoothie with seeds
É uma semente rica em ômega 3, vitamina E e fibras, que, no organismo, transformam-se em agentes promotores do colesterol bom e, consequentemente, em redutores do nível de colesterol ruim, assim como a aveia.

– Castanhas

Food with unsaturated fat
Nozes, amêndoas e castanha-do-pará também são ricas em ômega 3, nutriente que, no organismo, age como um anti-inflamatório natural e ajuda a controlar os níveis de triglicerídeos. Além disso, contêm cálcio, magnésio, fósforo, selênio e vitaminas B e E, que colaboram para evitar a formação de radicais livres. O indicado é consumir uma castanha-do-pará, duas nozes ou quatro amêndoas todos os dias.

– Azeite extravirgem

Olive oil
Temperar a salada ou outro alimento que harmonize com azeite de oliva extravirgem é uma boa maneira de prevenir a formação de coágulos sanguíneos e placas nas paredes das artérias. Ingerir o equivalente a duas colheres de sopa do óleo diariamente ainda faz com que o organismo não sofra com altos níveis de colesterol total. Pelo contrário, aumenta as taxas do colesterol bom.

– Peixes de água fria

Fresh salmon on the cutting board.
Incluir 100 gramas de salmão, atum, sardinha ou truta nas refeições, duas vezes por semana, faz bem para a pressão sanguínea e ajuda na prevenção da arteriosclerose. Os peixes de água fria são os que contêm uma concentração maior de ômega 3, nutriente essencial para o controle dos níveis de colesterol ruim e para evitar inflamações nos vasos sanguíneos.

– Vinho ou suco de uva integral

Red Grape Juice
Qualquer um dos dois oferece benefícios para a saúde do coração por possuírem um tipo de oxidante que inibe a junção das plaquetas às placas de gordura e, consequentemente, a formação de coágulos que desencadeiam doenças como a arteriosclerose e a trombose.

Mas atenção: o vinho deve ser consumido com moderação. Não se deve ingerir mais do que uma taça por dia.

(6700)

logo
Fechar
Abrir
logo