Após dois anos estudando como reciclar de maneira sustentável os brinquedos de plástico, nasceu a empresa ecoBirdy, na Bélgica. As peças são 100% feitas de resíduos plásticos reaproveitados e podem ser facilmente reciclados novamente. Este é um belo exemplo de negócio baseado na economia circular.

São poucos os dias que passamos sem alguma nova informação sobre os plásticos. E não sem razão: ainda não temos a dimensão dos problemas, e quem dirá das soluções, que o material está trazendo para a vida na Terra. Mas, algumas companhias estão fazendo sua parte na busca por inovações, exemplo disso é a ecoBirdy. A empresa belga criou todo um sistema que vai da coleta e reciclagem de brinquedos plásticos antigos e não utilizados até o design e a produção dos móveis.

O projeto é fruto da criatividade dos designers Joris Vanbriel e Vanessa Yuan. “80% dos brinquedos plásticos acabam em aterros sanitários, incineradores ou no oceano. Ao dar ao plástico velho uma nova vida, nosso objetivo é libertar nosso ecossistema do seu impacto pernicioso. Como utilizamos tecnologias inovadoras, feitas para a reutilização de plásticos, não há necessidade de adicionar pigmentos ou resinas”, afirmam os profissionais.

Devido à classificação, limpeza e moagem durante o processo de reciclagem, o plástico de todos os produtos é totalmente isento de produtos químicos nocivos. É limpo, puro e 100% seguro para adultos e crianças. A primeira coleção foi produzida na Itália e inclui uma cadeira, uma mesa, um recipiente de armazenamento e uma lâmpada. A ideia, segundo os designers, é fazer com que as crianças experimentem a criatividade e, ao mesmo tempo, aumentem a conscientização ambiental.

Contexto e processo

A empresa explica que, na Europa, são produzidos anualmente 24 milhões de toneladas de resíduos plásticos, sendo que a maior parte não é reciclada. Além disso, somente 5% dos novos produtos plásticos no continente usam plástico reciclado. Após muitas pesquisas, a ecoBirdy descobriu que os resíduos plásticos de brinquedos de plástico eram considerados difíceis de reciclar. A solução veio da junção de processo manual e adição de tecnologia.

O processo para criação das peças passa por algumas etapas. O primeiro passo é conduzir os resíduos plásticos ao centro de reciclagem escolhido pelos profissionais. Em seguida, cada objeto será verificado manualmente para só depois juntar um volume que será triturado em fragmentos e lavado. Um sistema automático realiza a classificação e, posteriormente, um laboratório realiza o controle de qualidade. A equipe afirma que, em todas as etapas do processo de produção, o material é verificado por pessoas e máquinas para evitar a contaminação.

A ecoBirdy ainda criou um livro de histórias e um programa escolar como parte de sua missão de educar as crianças sobre a economia circular.