abrigo móvel
- Publicidade -

Um pequeno refúgio para pessoas em situação de rua foi projetado no Equador. Mesclando dormitório e quiosque, a estrutura possui quatro rodas e, portanto, pode ser deslocada conforme a necessidade. 

O projeto, batizado de “El Ambulantito”, é do escritório Natura Futura Arquitectura. O modelo de abrigo emergencial é composto por peças dobráveis. “El Ambulantito nasceu de uma realidade que testemunhamos todos os dias. Um dispositivo de abrigo e produção provisória para moradores de rua e em trânsito de uma cidade para outra, motivando reflexão e conscientização, enquanto as políticas públicas tratam do tema”, explica a empresa de arquitetura. 

- Publicidade -

O abrigo móvel mede 2,5 × 0,85m e é construído com uma estrutura de hastes de metal e painéis de madeira de origem local. 

Como os desenvolvedores salientam: trata-se de uma solução provisória. A ideia surgiu a partir do questionamento do que seria possível fazer, a partir da própria profissão, para aliviar e conscientizar sobre a questão. Segundo a Natura Futura, “por meio da autogestão, foi possível coletar recursos, colaborar com amigos e unir forças para um objetivo comum”. 

Desta união surgiu o pequeno abrigo que é adaptável para funcionar também como um quiosque ambulante, ou seja, tornando-se um meio de gerar renda pela venda de produtos. Foi inserido até um quadro-negro para anunciar o que está à venda.

Na cidade de Ulm, na Alemanha, cápsulas de dormir estão sendo ofertadas à população que não têm onde dormir e não querem ir até os abrigos que a cidade oferece. O modelo é adaptado ao frio intenso da região. 

- Publicidade -