Já imaginou ter um cantinho de trabalho só seu e ainda poder levá-lo para diferentes lugares? O Minim WorkSpace é um espaço de trabalho móvel e pode ser estacionado em qualquer vaga de carro de longa permanência. O trailer pode ser usado como estúdio ou até mesmo como um escritório anexo à casa.

O Minim é ideal para quem tem vaga de estacionamento sobrando em casa ou um terreno desocupado, como uma futura obra. Também dá sempre para conversar com quem tem um espaço sobrando ou negociar uma taxa para estacionamento e fazer do lugar seu novo local de trabalho, até quando desejar.

O pequeno escritório móvel pode ser uma solução para profissionais liberais que precisam estar em diferentes lugares como arquitetos, massagistas, fisioterapeutas, professores de música e de ioga, e assim por diante. Também pode ser um novo modelo de negócio incluir seu escritório em um “food park”, onde diversos food trucks estacionam por longos períodos.

Escritório portátil multiuso

O Minim WorkSpace possui pouco mais de sete metros quadrados e oferece um espaço de escritório privado e silencioso. O modelo completo inclui porta com fechadura eletrônica (sem chaves), janelas antirruído, mesa com regulagem que pode tanto ser usada para trabalhar sentado, em pé ou em reuniões, sofá para quatro pessoas, ar-condicionado silencioso, iluminação em LED, micro-ondas, pia e geladeira.

A empresa também oferece uma opção off-grid (fora do sistema), que não precisa ficar ligada à rede de energia. Ela inclui a instalação de placas solares fotovoltaicas que geram 1,5kW, uma bateria e todos os eletrônicos necessários para alimentar completamente o espaço de trabalho durante o dia.

Atualmente, a fabricante está aceitando reservas de unidades no sistema de aluguel com valor mensal entre $675,00 e $925,00 dólares americanos. É possível pagar também uma taxa mensal de seguro para cobrir eventuais danos.

Veja também: Nissan transforma van elétrica em escritório móvel.

Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.