leite vegetal
Foto: iStock
- Publicidade -

último relatório do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas da ONU (IPCC) trouxe uma série de recomendações e alertas para o combate das mudanças climáticas. A redução do consumo de carne e produtos de origem animal, em especial relacionados à agropecuária, é um dos caminhos para diminuirmos o impacto ambiental causado pela nossa alimentação.

Mas, além dos benefícios para o planeta, cortar ou diminuir o consumo de produtos de origem animal também pode ajudar nossa saúde e bem estar. benefícios para a saúde e para o planeta.

Pesquisas constatam inúmeros benefícios de uma dieta rica em alimentos vegetais, incluindo proteínas. Uma dieta vegetal previne doenças cardiovasculares, reduz o desmatamento causado pela pecuária, a pressão contra a exploração e morte dos animais, diminui o risco de AVCs e casos de pressão alta, bem como a produção de dejetos poluidores do meio ambiente e dos oceanos. 

- Publicidade -
alimentação vegana
Foto: Daniela | Unsplash

Neste cenário, muitas pessoas estão experimentando substituir o leite de vaca por leites vegetais, uma decisão que pode ter diferentes razões – do cuidado ao meio ambiente à intolerância à lactose. Além de cortar ou reduzir o consumo de leite, esta restrição também se estende à derivados de leite, como queijos e iogurtes, e a outros alimentos que usam o leite no seu preparo, como bolos, pães e doces.

Para evitar a deficiência de cálcio no organismo, especialistas recomendam uma dieta variada e saudável, priorizando folhas escuras, vegetais, frutas secas, sementes, castanhas e nozes.

Outra possibilidade é incluir alternativas lácteas na dieta como leites vegetais, iogurtes e outros alimentos que podem substituir com perfeição as escolhas tradicionais. Existem muitas opções que são vendidas em supermercados e lojas especializadas e também muitas receitas de produtos vegetais que podemos fazer em casa, como leite de aveia ou de inhame, e queijos veganos, de batata ou amêndoas, por exemplo.

Se você ainda está na dúvida sobre experimentar uma dieta com menos produtos de origem animal, separamos algumas vantagens que os leites vegetais podem trazer para a sua saúde.

leite de amêndoa
O leite de amêndoas pode ser comprado pronto em supermercados ou ser feito em casa. Foto: iStock

Diminui o inchaço

O inchaço do abdômen e de outras partes do corpo é um incômodo que acomete muitas mulheres e está diretamente ligado a um problema de digestão. O leite e seus derivados podem provocar um processo inflamatório no organismo, devido à lactose e às proteínas do leite, também conhecida como caseína e beta-lactoglobulina.

Esse processo inflamatório é capaz de desencadear inchaço, desconfortos gástricos e excessos de gases. Ao retirar o leite do cardápio o inchaço pode diminuir consideravelmente.

Diminui doenças respiratórias 

O consumo do leite animal não causa alergia, mas pode aumentar a produção de muco, agravando problemas respiratórios já existentes, como sinusite, asma e rinite alérgica.

Melhora a digestão

Enquanto a proteína do leite de vaca e a lactose dificultam a digestão, as bebidas vegetais são ricas em fibras, que auxiliam o funcionamento do intestino ajudando a combater a prisão de ventre.

Melhora a saúde da pele

Pesquisas apontam que a causa da acne pode estar relacionada ao consumo do leite. A bebida pode aumentar a quantidade de açúcar no sangue e a insulina o que, consequentemente, causa a inflamação do organismo e a produção de oleosidade da pele

Diminui o risco de câncer

Alimentos ricos em açúcar e gorduras podem estimular o surgimento de algumas doenças, como o câncer, além de problemas coronários e autoimunes. O ideal é priorizar uma alimentação no mínimo anti-inflamatória que restrinja os alimentos com carga glicêmica muito alta dando espaço para alimentos in natura. 

Nota do CicloVivo: Compartilhamos possibilidades de alimentação que podem trazer benefícios para o planeta e para a nossa saúde e bem estar. Mas sabemos que a escolha de uma dieta passa por uma série de questões, que vão das condições de saúde a fatores econômicos e sociais. Os alimentos que cada um consome devem respeitar a realidade individual e recomendamos sempre uma consulta a um profissional de saúde.

veganos felizes
Foto: Anna Pelzer | Unsplash

LEIA MAIS:

- Publicidade -