Crianças de fazendas têm menos chances de desenvolverem alergias e asma

Os pesquisadores analisaram a saúde de duas mil pessoas que cresceram em fazendas e não encontraram a presença de asmas ou alergias.

Happy caucasian little boy picking and eating strawberries on berry farm in summer

Essa descoberta foi apresentada por pesquisadores da Universidade de Ghent, na Bélgica. Segundo o estudo, o segredo para deixar as crianças mais fortes está no ar, mais especificamente na poeira da fazenda.

Ainda não se sabe exatamente qual componente é responsável por melhorar o sistema imunológico, mas é certo que a poeira da fazenda faz com que a mucosa respiratória reaja de forma menos agressiva à poeira doméstica, um dos principais causadores das alergias.

Os pesquisadores fizeram experiências com animais e analisaram a saúde de duas mil pessoas que cresceram em fazendas. Em nenhum dos examinados ocorreu a presença de asmas ou alergias.

Os especialistas acreditam que os resultados tenham influência direta da proteína A20, produzida pelo corpo através do contato com a poeira da fazenda. Este elemento ajuda a fortalecer o organismo. Mas, ainda não se sabe exatamente qual substância é responsável por essa proteção.

A expectativa é de que os estudos colaborem para a produção de uma vacina capaz de proteger as crianças dos riscos de asma e outras alergias.

Redação CicloVivo