- Publicidade -
árvore nascimento
Fotos: HCN | Divulgação

Uma nova árvore para celebrar o nascimento de uma nova vida. Com essa ideia em mente surgiu o projeto “Nascer Floresta” no Hospital Estadual do Centro-Norte Goiano (HCN), unidade do governo de Goiás, referência em obstetrícia no estado.

- Publicidade -

O projeto de plantio de árvores, desenvolvido em parceria com a Secretaria do Meio Ambiente de Uruaçu (SEMMA), tem como objetivo celebrar o nascimento de cada bebê do HCN também com a entrega de mudas à mãe puérpera. Cada árvore simboliza um presente para o futuro mais sustentável, preservando a natureza e promovendo melhor qualidade de vida a todos.

árvore nascimento
Foto: HCN | Divulgação

O plantio de árvores nativas do cerrado teve início no último domingo (12/05), em comemoração ao Dia das Mães. A intenção é criar um espaço verde com plantas que serão cuidadas e plantadas pelas mães, juntamente com a equipe do HCN – o que inclui o setor de sustentabilidade, a maternidade e a equipe multiprofissional da unidade.

Ação de longo prazo

Apesar da data escolhida, o projeto não é restrito ao Dia das Mães. A ideia é continuar entregando mudas para todas as mães que quiserem e tiverem lugar para plantá-las.

As mudas serão fornecidas pela SEMMA, promovendo assim a conexão com a natureza e incentivando práticas sustentáveis, cuidando da vida e do meio ambiente ao mesmo tempo.

- Publicidade -

O HCN também se beneficiará com o projeto, aumentando a área verde em torno do hospital, melhorando a qualidade do ar, a temperatura e a biodiversidade, com árvores nativas promovendo a recuperação e preservação ambiental, além de proporcionar momentos terapêuticos e de conexão com a natureza para as mães e suas famílias durante o período de internação, assim como para colaboradores.

“O Nascer Floresta brota desse momento maravilhoso que é a maternidade e, inspirados por esse amor cuidadoso e protetor das mães, pensamos em convidá-las a celebrar o nascimento de seus filhos por meio do plantio de uma árvore”, diz Dra. Karina Pavão, diretora médica de sustentabilidade e ESG do Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento, organização responsável pela administração do HCN.

árvore nascimento
Foto: HCN | Divulgação

“Trazendo a simbologia envolvida no projeto, enquanto a árvore enraíza, a criança cresce e poderá desfrutar de um lugar com mais verde, ar puro e as belezas que a natureza nos traz. Assim vamos semeando a conscientização desde o nascimento sobre a importância da preservação ambiental e do cuidado com a Mãe Natureza”, completa a diretora médica.

- Publicidade -

Plantas Nativas

Considerando a biodiversidade da região, foram selecionadas plantas adequadas para o espaço e clima local, avaliando a facilidade de cultivo e as espécies nativas de Uruaçu. As mudas selecionadas para plantio foram: Baru, Ipê, Caju do Cerrado, Pequi e Cagaita.

muda de baruzeiro
O baruzeiro pode ultrapassar 20 metros de altura e seu fruto é um dos protagonistas da sociobiodiversidade do Cerrado. | Foto: Silas Ismael | WWF-Brasil

“O projeto busca transformar não apenas o ambiente físico em torno do hospital, mas também proporcionar momentos de conexão com a natureza e incentivar os pacientes e colaboradores a cuidarem melhor do meio ambiente”, enfatiza a coordenadora de Sustentabilidade do HCN, Valdilene Silva.

Mudanças climáticas

Os efeitos das mudanças climáticas, manifestados por ondas de calor, chuvas intensas ou secas, alterações nas estações do ano, são percebidos e sentidos em todos os continentes, ocorrendo de maneira acelerada e atribuídas às atividades humanas e ao desrespeito ao meio ambiente. O cenário é agravado pela grande pegada de carbono, muita produção de lixo, consumismo, as constantes queimadas e ações de desmatamento, entre outras.

árvore nascimento
Foto: HCN | Divulgação

Além disso, o uso intenso de combustíveis fósseis, como petróleo, gás e carvão, seja em casa, no agronegócio, em empresas, hospitais e no transporte é uma das principais fontes de emissão desses gases. A queima de combustíveis fósseis, como, por exemplo, o petróleo, contribui para a emissão de gases de efeito estufa, principalmente dióxido de carbono (CO₂), que se acumulam na atmosfera, formando uma barreira que retém mais calor do Sol na Terra, agravando a situação.

árvore nascimento
Foto: HCN | Divulgação

Na busca por soluções que amenizem este cenário, a unidade de saúde tem implantado ações para maior sustentabilidade ambiental, como uso racional de água, eficiência energética, gerenciamento adequado de resíduos sólidos, criação de indicadores socioambientais, entre outras ações que têm o intuito de mitigar a pegada de carbono, promovendo a saúde dos usuários e, ao mesmo tempo, a saúde do nosso planeta.