A marca Carlsberg parece estar empenhada em reduzir seu impacto ambiental. Após criar uma cola para o pack de latinhas, substituindo os lacres plásticos, a empresa dinamarquesa trabalha para lançar no mercado a primeira garrafa de papel capaz de armazenar cerveja.

Batizada de Green Fiber Bottle, a garrafa em desenvolvimento é feita de fibra de madeira de origem sustentável e é totalmente reciclável. Em outubro deste ano, dois protótipos foram apresentados e ambos possuem proteção de plástico fino que serve de barreira para o recipiente conter o líquido.

Um deles é feito de PET reciclado e o outro é de PFE (polímero polietileno furanoato) – material que pode ser derivado de qualquer matéria-prima de biomassa que contenha carboidratos. Segundo a companhia, as tecnologias serão testadas enquanto buscam uma solução totalmente livre de plásticos e 100% de base biológica.

“Continuamos a inovar e estamos satisfeitos com o progresso que fizemos até agora no Green Fiber Bottle. Embora ainda não estejamos completamente lá, os dois protótipos representam um passo importante para a realização de nossa ambição final”, afirmou Myriam Shingleton, vice-presidente de desenvolvimento do Grupo Carlsberg.

A busca por criar a garrafa de papel está em desenvolvimento desde 2015 e tem o apoio de outras companhias especialistas em inovação, como ecoXpac, BillerudKorsnäs, além de pesquisadores da Universidade Técnica da Dinamarca.

A Carlsberg também quer criar uma “comunidade de garrafas de papel” e, para tanto, uniu-se a grandes companhias, tais como Absolut, Coca-Cola e L’Oréal.

Outra grande ambição refere-se aos compromissos de redução de emissões: a meta é ser carbono zero em suas cervejarias e reduzir 30% de sua pegada de carbono em toda a cadeia até 2030.

Leia também:

Marca cola latinhas de cerveja para eliminar plástico de packs

Pack de cerveja vira rúcula, salsinha e até cenoura

Pack de cerveja livre de plástico será lançado pela Corona