Gênova
Foto: Philip Schroeder | Unsplash
- Publicidade -

No final de 2021, a cidade portuária de Gênova, na Itália, concedeu à população a gratuidade em passagens de transporte público. Devido ao sucesso da iniciativa, o experimento, marcado para terminar em 31 de março de 2022, foi prorrogado por mais quatro meses.

Os sistemas verticais (como elevadores e funiculares) continuarão sendo gratuitos todos os dias da semana sem limite de tempo, enquanto que o passe livre para o metrô é garantido no arco de dois horários: todos os dias das 10h às 16h e das 20h às 22h. O acesso grátis valerá até 31 de julho.

“O objetivo do metrô gratuito e dos sistemas verticais é ampliar ao máximo o uso do transporte público na cidade, a fim de promover uma mobilidade mais sustentável. Ao aumentar o número de usuários, a circulação de veículos particulares e as emissões de CO₂ são reduzidas”, afirma a prefeitura de Gênova em nota.

- Publicidade -

Além de incentivar o uso do transporte público local, a ideia do projeto era também avaliar qual é o real potencial de mudança de comportamento devido à gratuidade. Confira abaixo alguns resultados positivos do experimento, levantados pela gestão:

  • Aumento de 4% no uso do transporte vertical;
  • Aumento de 18% na utilização do trecho livre do metrô em março, equivalente a mais 36 mil passageiros;
  • 25% dos passageiros mudaram seus hábitos de viagem para aproveitar a passagem gratuita;
  • 26% dos que mudaram seus hábitos costumavam viajar com veículos particulares. Isso significa que a cada semana de março mais de três mil viagens de carro foram eliminadas, resultando em um benefício ambiental significativo.
gênova, Italia
Foto: Sean Barker | Unsplash

“Queremos uma realidade à altura das grandes cidades europeias onde o transporte público seja capilar e funcional às necessidades da cidadania, que prevaleça sobre o privado, e com baixo impacto ambiental. Estamos trabalhando neste projeto há alguns anos e agora estamos dando os primeiros passos concretos”, diz o prefeito Marco Bucci.

Segundo Bucci, Gênova tem a ambição de se tornar a primeira cidade italiana com transporte público gratuito.

LEIA TAMBÉM

- Publicidade -