Barcelona passe livre
Foto: Pere Jurado | Unsplash
- Publicidade -

A busca por meios de transporte mais eficientes e sustentáveis nos centros urbanos vem ganhando espaço em várias cidades do mundo. Com a pandemia, os benefícios da bicicleta se comprovaram e muitos municípios tem investido em ciclovias e incentivos para que as pessoas continuem pedalando, mesmo com o fim das restrições impostas pela COVID-19.

O uso do transporte público, outra alternativa mais sustentável do que veículos individuais, se torna mais seguro à medida que a vacinação avança. Em Barcelona, para estimular cada vez mais as pessoas a abandonarem seus carros, em especial os antigos, a prefeitura oferece um passe de transporte gratuito válido por três anos para os cidadãos que vendem o veículo antigo.

Barcelona passe livre
Foto: Pixabay

Quem vive na região metropolitana e decide se desfazer e desativar um veículo sem certificado ambiental recebe um novo cartão de viagem gratuito por três anos. Este cartão é pessoal e intransferível, traz o nome e número de documento do usuário, e deve ser validado a cada viagem. 

- Publicidade -

O cartão é automaticamente renovado anualmente sem custo adicional para o beneficiário e é enviado para o seu endereço residencial.

Para ao município, os gastos com esta iniciativa não são tão significativos, já que a estrutura para o transporte público já está paga e funcionando, com ônibus e trens circulando independente do número de passageiros. Já os benefícios e até a economia com a diminuição do número de veículos circulando nas ruas são importantes: menos congestionamento, menos poluição e problemas de saúde para a população, menos emissões e contribuição para mudanças climáticas e menos desgaste e manutenção para as vias públicas.

Foto: Pixabay

Quem opta por trocar um veículo antigo pelo transporte público deixa de se preocupar com os valores gastos em deslocamentos e pode usar este dinheiro para uma bicicleta ou bicicleta elétrica, opções ainda mais sustentáveis que o transporte público. Caso o transporte público atenda 100% das necessidades, o dinheiro economizado com deslocamentos pode ser investido em outras áreas, como educação e lazer – benefícios para o cidadão, para a cidade e para o planeta!

- Publicidade -