recicláveis por adubo
Foto: Prefeitura de São Paulo
- Publicidade -

Até o próximo sábado (5), os moradores da capital paulista têm uma boa oportunidade de obter adubo orgânico de graça. Isso porque a Amlurb (Autoridade Municipal de Limpeza Urbana) instalou pontos de coleta, em terminais de ônibus, para trocar um saquinho de adubo por materiais recicláveis e eletrônicos. Além disso, quem levar óleo de cozinha usado poderá trocar por uma unidade de sabão em barra.

A iniciativa teve início na última quarta-feira (2) e seguirá até sábado (5), das 10h às 16h. A coleta dos materiais será realizada por agentes ambientais em sete terminais de ônibus, além do Parque da Juventude. Confira os endereços:

- Publicidade -
  • Terminal Mercado – Av. do Estado, nº 3.350
  • Terminal Grajaú – Rua Giovanni Bononcini, nº 77
  • Terminal Vila Prudente – Av. Professor Luís Ignácio de Anhaia Melo, nº 1359
  • Terminal Lapa – Praça Miguel Dell Erba, nº 50
  • Terminal A. E. Carvalho – Av. Imperador, 1.401 – Cidade A. E. Carvalho
  • Terminal Capelinha – Estrada de Itapecerica, nº 3.222
  • Terminal Pinheiros – Rua Gilberto Sabino nº 130
  • Parque da Juventude – ao lado do metrô Carandiru

Da feira livre ao adubo

O processo que dá origem ao adubo orgânico é bastante simples. A Prefeitura de São Paulo recolhe os resíduos de frutas, legumes e verduras das feiras livres e os conduz aos pátios de compostagem. Esta técnica evita o despejo de lixo orgânico em aterros sanitários e ainda produz o composto, que é usado como insumo em jardins e praças públicas. Em casa, pode ser aplicado nas plantas ornamentais e horta doméstica.

Além desta ação pontual nos terminais de ônibus, ao longo do ano, os munícipes podem comparecer em um dos pátios de compostagem da prefeitura e solicitar o adubo orgânico gratuitamente. A quantidade máxima é de 60 kg por pessoa/mês (aproximadamente 2 sacos de 50 litros).

Destinação

Os materiais recicláveis coletados serão destinados às cooperativas de reciclagem habilitadas na Amlurb. Já os resíduos eletrônicos serão encaminhados para Cooperativa Coopermiti, também habilitada na autarquia; e o óleo de cozinha usado será destinado para o Instituto Triângulo, que transforma o material em sabão em barra.

Outras novidades

A Amlurb também está anunciando a inauguração de mais dois Ecopontos na região da Zona Leste, localizados em São Miguel Paulista. Os Ecopontos são locais de entrega voluntária de pequenos volumes de entulho (até 1 m³), grandes objetos (móveis, sofás, etc.), poda de árvore e resíduos recicláveis. Confira os novos ecopontos:

  • Ecoponto: Jardim Helena

Quando: sexta-feira, dia 4 de junho

Endereço: Rua Cosme dos Santos com a Rua Macapera – Jd. São Martinho

  • Ecoponto: Jardim Romano

Endereço: Rua Duarte Martins Mourão, 307.

Confira os endereços de todos os ecopontos da capital paulista.

Foto: Caixa de gesso no Ecoponto / Divulgação 

Além disso, após realizar um projeto piloto de oito meses, cerca de 30 ecopontos começarão a receber e reciclar gesso. A iniciativa visa diminuir o descarte irregular desse material, que antes não era aceito nas unidades. O projeto será implantado gradativamente para as demais unidades.

As ações integram as celebrações da Semana Nacional do Meio Ambiente.

- Publicidade -