A Prefeitura de São Paulo faz a transformação de resíduos de frutas, legumes e verduras, das feiras livres, em composto orgânico. Por meio do programa Feiras e Jardins Sustentáveis, a iniciativa usa a substância como insumo em jardins e praças públicas, gerando ganhos econômicos e ambientais significativos.

O material também é distribuído gratuitamente aos feirantes, munícipes, visitantes dos pátios de compostagem, escolas, equipamentos de saúde, eventos da Prefeitura, cursos, palestras, congressos, seminários sobre o tema e utilizado na revitalização de pontos viciados.

Graças ao processo de compostagem de todo o material que é coletado, é possível diminuir o custo de operação de jardinagem de praças e jardins, por gerar adubo, e evitar o despejo de mais volume em aterros sanitários, diminuindo o deslocamento de caminhões e emissões de dióxido de carbono.

Como adquirir o seu

Os saquinhos de composto orgânico são fornecidos gratuitamente pela Prefeitura. As solicitações de retirada podem ser feitas pelo email [email protected].

Como utilizar o composto?

Em caso de pequenos vasos, as chamadas plantas ornamentais, recomenda-se a utilização de 25% de composto orgânico.

Já em escalas maiores, o composto deve ser misturado a terra na proporção de 3 kg por metro quadrado (Fonte: Embrapa).

Foto: Heloisa Ballarini/Secom

As informações são da Prefeitura de São Paulo