Imagine a seguinte cena: você compra um pote de sabão líquido e quando o produto chega ao fim ao invés de descartar a embalagem, alguém vai até a sua residência recarregá-la. Pode parecer um sonho para qualquer adulto, mas isto já é realidade no bairro de Las Condes em Santiago, capital do Chile.

Lá está em funcionamento o projeto da startup chilena Algramo, que busca contribuir para a economia circular. Por enquanto, a escala é pequena, uma vez que apenas duas marcas (de sabão e detergente) integram a iniciativa: Omo e Quix. Mas os planos são de crescer e aumentar a prestação do serviço.

Para o consumidor, basta levar a garrafa de plástico para ser recarregada em um dos postos de recarga, disponíveis em supermercados, ou receber o produto na comodidade de casa. A entrega é gratuita e realizada com um triciclo elétrico.

Embalagem tecnológica

Apenas na primeira compra o cliente deve adquirir a embalagem, que é comercializada pela própria startup chilena. Diferente dos utensílios comuns, esta possui tecnologia semelhante ao RFID, isto é, capaz de identificar, rastrear e gerenciar produtos.

Cada vez que o consumidor recarrega a embalagem, recebe uma recompensa em pesos (moeda local) que pode ser usada para pagar pelo produto ou acumulado para compras futuras.

Outro ponto que pode ajudar a reduzir o desperdício é a possibilidade de comprar a quantidade exata do que quiser, o que pode ser interessante para famílias pequenas. Como já mencionamos, há somente produtos de limpeza disponíveis atualmente, mas a companhia já adianta que venderá em breve ração para gatos e cachorros.