atravessar a rua
Foto: Prefeitura de Valência
- Publicidade -

A cidade espanhola de Valência está usando pictogramas para ajudar seus moradores autistas a atravessarem a rua com segurança. A medida teve início no bairro La Torre, onde  estão sendo pintadas 44 faixas de pedestres. 

Se para muitos, atravessar a rua com segurança pode ser um hábito comum, para outros tantos é um desafio. É o caso de algumas pessoas com espectro do autismo. Foi pensando nelas que a Câmara Municipal de Valência iniciou um projeto piloto que envolve a pintura de pictogramas em faixas de pedestres.

A sinalização indica os movimentos: “Pare, olhe, semáforo, atravesse”. Os pictogramas azuis, uma cor que representa o autismo, são claramente visíveis e ajudam a pessoa que precisa sequenciar logicamente as ações necessárias para atravessar a rua com segurança. A medida pode ajudar inclusive mães que passam por situações embaraçosas quando seus filhos se agitam por quererem atravessar com o sinal vermelho. 

- Publicidade -
rua autismo
Foto: Prefeitura de Valência

A sociedade não está preparada para lidar com neurodivergentes. A ideia do projeto é justamente criar espaços urbanos mais seguros, inclusivos e acessíveis. No bairro La Torre, as 44 faixas de pedestres – que estão sendo pintadas – cruzam as vias para se chegar ao centro ocupacional para pessoas com espectro do autismo.

atravessar a rua
Foto: Prefeitura de Valência

A iniciativa de pintar pictogramas nas ruas é resultado de um projeto de pesquisa da Faculdade de Ciências da Educação da Universidade de Sevilha, em conjunto com a associação TEAVIAL, voltada a pessoas com  espectro do autismo. 

rua autismo
Foto: Prefeitura de Valência

LEIA TAMBÉM

- Publicidade -