A Ford acaba de anunciar o lançamento de dois modelos de bicicletas elétricas inteligentes. Conforme informado pelo diretor de operações da montadora na Europa, Barb Samardzich, as bikes fazem parte do compromisso da empresa com a inovação e melhorias no transporte e qualidade de vida nas cidades.

Apresentadas no último dia dois, em Barcelona, na Espanha, as bicicletas estão disponíveis em dois modelos. A MoDe:Me, por exemplo, é uma bike elétrica dobrável, ideal para pessoas que utilizam diferentes modais para se locomover dentro da cidade. A versão foi desenvolvida com o apoio da Dahon, marca especializada em bicicletas dobráveis, para que seja facilmente carregada dentro de outros meios de transporte, como carro, trens, metrôs e ônibus.


Foto: Divulgação

O segundo modelo é o MoDe:Pro, desenvolvido principalmente para o uso comercial urbano. Por possuir espaço para um bagageiro médio, esta pode ser uma alternativa eficiente e limpa para substituir as motocicletas usadas por entregadores, carteiros e outros profissionais que passam a maior parte do dia na rua.


Foto: Divulgação

Ambas as bicicletas receberam alta tecnologia e foram desenvolvidas a partir de um amplo trabalho de pesquisa. Para oferecer mais segurança aos ciclistas, o guidão da bicicleta vibra para informar que outro veículo se aproxima e ele também acende luzes, para alertar outros motoristas. As funcionalidades relacionadas à navegação não param por aí. As bikes podem ser conectadas a um aplicativo disponível para iPhone 6, que traça as rotas mais seguras e mais rápidas, incluindo também os serviços de transporte público, que podem ser mesclados com o uso da bicicleta.

Os dois modelos são elétricos e equipados com motor de 200 watts e bateria de 9 amp/h. Assim, o pedal elétrico pode auxiliar os ciclistas em velocidades de até 25 km/h. A Ford não divulgou informações sobre a autonomia das bicicletas.

Redação CicloVivo

 

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.