Para combater as mudanças climáticas, a Noruega planeja investimentos volumosos em projetos de energia renovável ao redor do mundo. O país nórdico pretende repassar o seu fundo soberano – recursos provenientes da venda de recursos minerais e petróleo – para projetos de energia limpa de países em desenvolvimento, além de beneficiar as fontes alternativas de seu próprio território.

A Noruega possui mais de 750 bilhões de dólares em seu fundo soberano, cujo nome oficial é Fundo de Pensão Global do Governo da Noruega. Sua população é de cinco milhões de habitantes.

Como é influente no mercado financeiro, o investimento pode levar outros países a criar iniciativas semelhantes. A Dinamarca e Holanda já investem parte do seu fundo em energia limpa.

A proposta foi feita pela líder do Partido Conservador, Erna Solberg e recebeu apoio de fundos de pensão do país, grupos religiosos, ONGS e outras organizações.

A matéria foi originalmente postada em Catraca Livre

Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.