Até o final de 2018, ao menos cinco cidades na Alemanha poderão testar uma maneira exemplar de combater a poluição. O teste consistirá no desestímulo ao veículo privado ao passo que o transporte público será de graça. Uma solução que hoje é adotada em poucos lugares.

Bonn, Essen, Herrenberg, Reutlingen e Mannheim são as cidades alemãs que fazem parte da proposta elaborada pelo governo federal. “Estamos considerando disponibilizar transporte público gratuito para reduzir o número de carros particulares”, afirmam ministros alemãs em uma carta enviada à Comissão Europeia. “A luta contra a poluição do ar efetivamente sem atrasos desnecessários é a maior prioridade para a Alemanha”, diz ainda o documento.  

Segundo o jornal britânico Independent, ministros alemães e britânicos foram convocados, no mês passado, para explicar à Comissão (instituição que defende os interesses da União Europeia) o porquê de quebrarem as regras da UE sobre a poluição do ar tóxico e o que eles fariam para resolver o problema. Enquanto a Alemanha se apressou em apresentar projetos, o governo britânico ainda não divulgou seus planos.

Assinada pelo chefe do Gabinete de Angela Merkel, Peter Altmaier, pela ministra alemã do Meio Ambiente, Barbara Hendricks e pelo ministro da Agricultura, Christian Schmid, a carta ainda propõe sistemas de compartilhamento de carros, incentivos aos carros elétricos e criação de zonas de baixa emissão de poluentes: áreas ou estradas onde os veículos mais poluentes são proibidos.

Veja também: Transporte público grátis já existe em cidades brasileiras