Em finlandês, a palavra “nolla” significa zero. É assim que o designer Robin Falck busca resumir sua proposta de casa de repouso em meio à natureza nos arredores de Helsinque, capital da Finlândia. Construída com base em emissões poluentes mínimas, o projeto foi desenvolvido para um cliente empresarial.  

“Um estilo de vida ecológico não exige apenas desistir de commodities insustentáveis, mas também descobrir soluções modernas e sustentáveis ​​que possam ser usadas. Esta tem sido uma parte essencial do processo de design”, afirma Falck.

Casa móvel

A habitação em forma de cabana funciona com eletricidade gerada por painéis solares. Por dentro do móvel, a cozinha e o aquecimento é realizado com diesel renovável, produzido inteiramente a partir de resíduos. Além disso, a decoração foi montada com somente itens ecológicos e os hóspedes ainda têm acesso a um banheiro seco e uma estação de reciclagem no porto de Vallisaari.

Ela é compacta e totalmente móvel. Ou seja, pode ser desmontada e/ou transportada sem grandes problemas. Apesar de que construída em Vallisaari, uma das ilhas do arquipélago de Helsinque, Nolla não poderia estar melhor localizada.

Moldável

Além de autossuficiente, o baixo impacto da moradia também é garantido pela própria estrutura da cabine. Ela é fixada com parafusos e os pedestais são ajustáveis para que possa se adaptar a diferentes tipos de terreno. Não há nada super exclusivo ou único entre as peças construtivas.

“A cultura de consertar coisas está desaparecendo, e nós somos rápidos em comprar um substituto ao invés de consertar o que já temos – mas isso não é um modo de vida muito sustentável. Eu acho que a incapacidade de fazer as coisas com as próprias mãos um pouco assustadoras, então eu queria tornar a cabine facilmente reparável e, assim, dar-lhe um número infinito de ciclos de vida”, afirma Falck.

Cabana de lazer

A ideia do designer não foi criar exatamente uma moradia para o cotidiano. Viver no aperto das “tiny houses” pode até funcionar para muitas pessoas e cada vez mais surgem projetos construtivos deste tipo bem sofisticados, mas definitivamente não é para todos. No caso da Nolla Cabin, o propósito foi criar um ambiente de lazer, que pudesse ser usado para relaxar e escapar da cidade. É quase como acampar com mais conforto.

Suficiente para acomodar duas pessoas, ela está disponível para reservas no Airbnb em agosto. Nolla Cabin foi construída para o projeto Journey to Zero da empresa Neste, que busca novas ideias para um futuro mais limpo e com menos emissões.

“Os finlandeses são conhecidos por passarem tempo em suas adoradas casas de veraneio. Queríamos explorar soluções sustentáveis ​​que pudessem permitir a vida na cabana com emissões mínimas. Algumas das soluções que foram usadas em Nolla são perfeitamente adaptáveis ​​em qualquer cabine”, diz Sirpa Tuomi, diretora de marketing da Neste.

Jornalista, social media e aparelhada para gostar de passarinhos. Tem interesse por mais assuntos do que é capaz de acompanhar. Aqui escreve sobre infinitas possibilidades de tornar o mundo um pouquinho melhor.