- Publicidade -

Projeto de reciclagem inclusiva já gerou R$ 1,9 milhão

Compra de recicláveis por preços justos nos postos da Estação Preço de Fábrica beneficiou 2,2 mil pessoas desde o final de 2022

troca de recicláveis
Estação de troca de recicláveis do Projeto Preço de Fábrica. Foto: Divulgação

O projeto Estação Preço de Fábrica foi inaugurado em São Paulo, no final de 2022, para incentivar a adoção de práticas sustentáveis e pagar, de forma justa, qualquer pessoa que queira vender embalagens pós-consumo. Idealizada pela startup de logística reversa inteligente Green Mining, a iniciativa nasceu para pagar o valor real de materiais recicláveis, via PIX, para qualquer pessoa, mas com foco em quem depende da venda para o seu sustento, como os catadores e catadoras.

- Publicidade -

“Conseguimos propor valores que são pagos nas usinas de reciclagem porque otimizamos todo o processo. Quando os materiais são entregues na Estação, encaminhamos diretamente para usinas que fazem o processo de reciclagem. Com o suporte das empresas parceiras na operacionalização, é possível entregar o valor da usina para cada quilo de resíduo entregue”, explica Rodrigo Oliveira, CEO da Green Mining.

Para os pontos de entrega, a Green Mining conta com empresas parceiras comprometidas em dar o destino correto às embalagens pós-consumo. Atualmente, o projeto conta com unidades em Minas Gerais, Tocantins, Bahia, além das três em São Paulo.

preço de fábrica reciláveis por PIX
Primeira unidade da Estação Preço de Fábrica em MInas Gerais. Foto: Divulgação | Green Mining

Até o momento, o projeto já recebeu e enviou para a reciclagem mais de 2.400 toneladas de resíduos. A conquista vem justamente na semana em que se celebra o Dia da Reciclagem, 17 de maio.

“Antes eu coletava vidro, mas bastante desanimada por causa do preço. Depois que esse projeto veio para cá, até me animei mais. O valor aqui está excelente, ajudou bastante na renda da gente. Eu ‘tiro’ aqui, uns R$ 600 reais por mês”, relata Sandra, catadora cadastrada na Estação Preço de Fábrica.

- Publicidade -

“É realmente gratificante desenvolver soluções que são do bem, que fazem sentido, que dão resultados e mostram que vale a pena investir em inovação e tecnologia para gerarmos parcerias em prol de um mundo melhor”, diz o CEO da Green Mining.

Como funciona?

preço de fábrica reciclagem
Imagem: Reprodução | Green Mining

Para receber pelos resíduos é necessário baixar o aplicativo gratuito da startup, disponível nas plataformas da App Store e Google Play, preencher um breve cadastro e indicar o material que está sendo entregue na Estação. Ao chegar, o material será pesado e lançado em sistema. A partir daí, um recibo é gerado e o pagamento é realizado, via Pix, uma vez por semana, sempre que houver um saldo mínimo de R$ 10.

Os materiais que podem ser vendidos são: Plástico PET (verde e transparente), Papel (papelão, papel branco e papel cartão) e Vidro (transparente, âmbar e verde).

- Publicidade -

Estação Preço de Fábrica – Endereços:

  • Juiz de Fora (MG)
    Rua Jovino Antônio da Silva, 250 – Distrito Industrial
  • Camaçari (BA)
    Av. Camaçari – Centro (Horto Florestal Linaldo da Silva)
  • Lajeado (TO)
    Av. José Pires de Castro (antigo Estádio de Futebol)
  • São Paulo (SP) – Pinheiros
    Pedro Cristi, 89 (área externa do Mercado de Pinheiros)
  • São Paulo (SP) – Jabaquara
    Av. Eng. Armando de Arruda Pereira, 2022 (estacionamento Pão de Açúcar)
  • Embu das Artes (SP)
    Av. Elias Yazbek, 907

Horários de funcionamento

  • De segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.
  • Sábados das 8h às 12h.
recicláveis por pix
Foto: Instagram | Green Minning