papelão jardinagem
A sementeira de papelão pode ser plantada diretamente na terra. Foto: Edson Sá
- Publicidade -

O papelão é um material bastante versátil, que pode ser usado e reaproveitado com diversos produtos e maneiras. Fácil de ser encontrado, o papelão está presente nas mais diversas embalagens e se tornou mais abundante neste período em que as compras online e delivery aumentaram.

O que pouca gente sabe, é que o papelão é também muito útil na jardinagens, podendo ser reaproveitado em hortas e jardins. Também e um material “amigo do meio ambiente” já que se decompões facilmente sem poluir a terra.  

- Publicidade -

O papelão é uma boa fonte de carbono, um dos componentes básicos da vida. Quando se decompõe, fornece este elemento para microrganismos que melhoram a qualidade do solo.

Mas é importante prestar atenção a alguns pontos: o papelão usado na jardinagem não pode estar sujo e com substâncias que podem ser tóxicas, como alguns tipos de tinta e cola. Deve estar sem nenhum tipo de fita adesiva ou revestimento plástico.

Cobertura em camadas

O papelão pode ser usado em camadas que preaparam o solo e eliminam ervas daninhas. Foto: Pixabay

Para começar uma horta é preciso algum trabalho. Preparar o solo, tirar o mato, enriquecer o solo e outras ações antes de finalmente plantar. A cobertura em camadas pode eliminar boa parte deste trabalho. É uma técnica usada por alguns permacultores que simula o que acontece no solo das florestas.

Para fazer a manta de papelão, é preciso cortar o mato ou a grama bem rente ao solo e deixar a vegetação podada sobre a terra. Regue bem e cubra com uma camada de papelão. Cubra este papelão com mais folhas secas, serragem, palha ou outra matéria seca e regue novamente.

O papelão vai se decompor lentamente e impede que ervas daninhas e mais mato cresça no local. Esta cobertura em camadas funciona como uma compostagem local, a medida que fornece o carbono vindo do papelão e o nitrogênio da vegetação podada, nutrindo o solo. Depois da decomposição, retire o que sobrou da cobertura em camadas e pode começar a plantação.

Proteção contra ervas daninhas

O papelão também pode ser um excelente protetor contra ervas daninhas. Ao invés de arrancar uma a uma ou usar herbicidas, o papelão atua como uma barreira física que as sufoca.

O uso é simples. Basta colocar o papelão em volta dos canteiros ou ao redor das plantas que você quer proteger. É possível fazer buracos ou recortes no papelão para que ele cubra exatamente a parte de terra onde as ervas daninhas estejam causando problemas, deixando uma área de respiro próxima aos troncos e talos.

Dessa forma a planta pode receber água e luz até nas raízes. Diferente das telas de plástico usadas para este fim, o papelão permite que os nutrientes e os microrganismos do solo alimentem as plantas. Outra possibilidade é usar o papelão para forrar o fundo de canteiros elevados antes de encher de terra.

Proteção contra geadas

Caixas de papelão podem ajudar a proteger as plantas de geadas durante a noite. Foto: Pixabay

Em regiões com o inverno rigoroso, as geadas são uma grande ameaça para as plantas. Existem estufas e alguns protetores de plástico ou vidro, mas o papelão também pode ser usado neste momento.

As caixas de papelão são uma boa opção para proteger as plantas, principalmente as caixas de papelão ondulado que têm mais camadas e funcionam como isolantes térmicas.

Para isso basta colocar as caixas sobre as plantas, com o cuidado de escolher caixas que sejam mais altas e mais largas que as plantas. Faça isso antes que a noite caia e retire as caixas na manhã seguinte. Guarde as caixas e vá usando até que elas estejam inteiras. Quando as caixas começarem a se desfazer, pode aproveitar o papelão de outra forma – na compostagem.

Compostagem

A compostagem doméstica é uma solução sustentável e muito acessível para os resíduos orgânicos que produzimos em casa. Seja em minhocários ou em leiras e composteiras termofílicas, é necessário usar material rico em carbono. E é ai que entra o papelão.

Para conseguir um equilíbrio entre a quantidade de carbono e nitrogênio do composto orgânico, algo em torno de 3 parte de carbono para 1 parte de hidrogênio, é possível substituir a matéria seca normalmente usada na compostagem (folhas, serragem ou palha) por papelão picado em pequenos pedaços. Importante controlar a quantidade usada na composteira usando como critérios a umidade do material.

Sementeiras

papelão jardinagem sementeira
A sementeira de papelão pode ser plantada diretamente na terra.

Rolos de papel higiênico ou caixas de ovos tem o tamanho e a forma exatos para se tornarem ótimas sementeiras biodegradáveis. Preencha com terra, coloque as sementes e regue ou borrife água de acordo com a planta escolhida.

No caso dos rolos de papel higiênico, corte uma das extremidades e use as abas para fechar o fundo. 

Quando chegar a hora do plantio no solo, vasos ou canteiros, não é necessário retirar a muda, você pode plantar a sementeira diretamente na terra, que o papelão vai se decompor.

Protetores para árvores

As árvores jovens, com até 4 anos de idade precisam de certos cuidados para que cresçam bem. Proteger estas árvores pode ajudar a evitar problemas com geadas e possíveis pragas que devoram suas folhas, troncos ou frutos. O papelão é um material bom para fabricação de protetores de árvores, tanto no clima quente como no frio.

Corte tiras largas de papelão, entre 10 e 20 centímetros e faça uma espiral no tronco da árvore, sobrepondo em 5 centímetros cada camada. Comece a espiral pela base e vá até os primeiros galhos da árvore. Amarre esta espiral com um barbante.

Outra opção é pegar um grande pedaço de papelão e fazer um grande cone ao redor do tronco, deixando um espaço entre o papelão e o tronco. Prenda o formato de cone colando o papelão com fita adesiva para que não se desfaça. Também é possível usar uma estaca entre a árvore e o cone para fixa-lo bem.

Estes protetores de árvore vão durar menos do que os de plástico, mas o material neste caso pode ser completamente compostado.  

papelão jardinagem
Biodegradável e em carbono, o papelão tem vários usos na jardinagem. Foto: Zane Lee | Unsplash
- Publicidade -