- Publicidade -

Parece ficção científica, mas não é. Pesquisadores do laboratório britânico de robôs da Bristol desenvolveram o Ecobot III, o primeiro robô capaz de se alimentar de biomassa. O robô foi supervisionado durante uma semana inteira, na qual funcionou sem necessitar de intervenções humanas.

O robô utiliza 48 células de combustível microbiótico, que quebram o alimento e extraem os elétrons do processo metabólico, quem alimentam os circuitos de baixa energia.

Basicamente, a invenção se alimenta de restos de alimentos orgânicos cheios de bactérias. Os alimentos são excretados a cada 24 horas por uma bomba de pressão que joga fora os resíduos. O robozinho não emite CO2, porém, ele aproveita apenas 1% do alimento ingerido.

- Publicidade -

Mesmo assim, a invenção se mostra como um grande avanço em tecnologia verde, e seus criadores garantem que futuras gerações do Ecobot poderão aproveitar melhor os alimentos.

+ Pilhas recarregáveis movidas a vibração

+ Designers criam conceito de robô que transforma restos de construção em tijolos

- Publicidade -