- Publicidade -

A fabricante de carros alemã, Audi AG está prestes a apresentar a ideia de mobilidade urbana do futuro criada pela empresa. A divulgação do modelo elétrico A1e-tron acontecerá no sábado (4) no Motor Show 2010, de Bolonha, na Itália.

O A1 e-tron será produzido em pequena escala e será testado na cidade de Monaco. Além de ser um veículo elétrico, o carro será equipado com células fotovoltaicas, que produzirão energia para carregar suas baterias. A empresa pretende instalar milhares de metros quadrados de placas solares até o final deste ano e usar apenas a ‘eletricidade verde’ para carregar as baterias de todos os modelos elétricos. Estas placas são capazes de produzir atualmente um total de 460 Mwh, o suficiente para abastecer cerca de 180 lares com energia elétrica.

O Audi A1 e-tron baseia-se na versão clássica do compacto que lhe dá o nome; a variante ecológica é movida a propulsão combinada gasolina-eletricidade. Para a marca alemã este carro representa o futuro em termos de mobilidade urbana.

- Publicidade -

O compacto Premium da Audi tem um motor elétrico que alcança um pico de até 102 cavalos de potência e que trabalha em conjunto com um motor auxiliar Wankel (rotativo), que serve como um pequeno gerador e fica localizado sob os bancos traseiros, como um “extensor de autonomia”. As baterias de lítio do A1 e-tron possuem autonomia de apenas 50 km, mas com o gerador de monocilíndrico de 20 cavalos, o alcance sobe para 250 km.

Por conta deste gerador movido a gasolina, o nível de emissões de poluentes é de 45 g/km de CO2. O carro vai de 0 a 100 km/h em 10,2 segundos e o consumo, segundo a Audi, é de 52,6 km/l. Apesar de o modelo ser apresentado no evento da próxima semana, a empresa ainda não tem previsão de lançamento do carro no mercado consumidor.

Siga as últimas notícias do CicloVivo no Twitter

- Publicidade -