No final de 2018, a Corona apresentou um pack feito com fibras biodegradáveis ​​à base de plantas. O material seria uma alternativa aos plásticos geralmente usados para fazer a junção das unidades (veja aqui). Na época, a marca de cerveja mexicana anunciou que estava buscando soluções escaláveis e agora parece ter encontrado com uma solução altamente simples: empilhar as latas sem fazer uso de qualquer componente extra.

Cada latinha pode ser rosqueada pela parte inferior e superior, sendo possível encaixar até 10 unidades. Batizada de “Fit Pack”, a solução foi criada em parceria com a agência Leo Burnett da Cidade do México. “É uma inovação que pode ser dimensionada em nível global, resolvendo o problema do plástico”, afirma Federico Russi, CCO da agência.

O novo design é tão interessante que a campanha com as novas latas foram selecionados no Cannes Innovation Lions de 2019, que homenageia soluções que estão transformando produtos e empresas.

“A indústria de bebidas gera 17 milhões de toneladas de plástico em todo o mundo por ano – isso é apenas a embalagem. Muitas marcas de cerveja tentaram substituir essas embalagens prejudiciais, mas a maioria dos esforços não é rentável quando se tenta produzir em larga escala. Pela primeira vez, sentimos que tínhamos uma solução real que não só era escalonável, mas financeiramente viável”, afirma Russi. Otimista, ele acredita que o sistema pode mudar toda a indústria.

Outra solução interessante no setor é da marca que está colando latinhas para eliminar o plástico.