plantação de lavanda
Foto: Appalachian Botanical Co.
- Publicidade -

A empresa Appalachian Botanical Co. deu um novo destino a área onde funcionava uma antiga mina de carvão, na cidade de Ashford, no estado norte-americano de West Virginia. Hoje, o local é dedicado ao cultivo sustentável de lavanda.

A ideia é desenvolver negócios lucrativos que gerem renda aos habitantes da região, enquanto dá novo uso a terras recuperadas de minas de carvão através da agricultura sustentável. A empresa adotou o modelo de negócio de impacto positivo onde pessoas, lucro e planeta são avaliados igualmente. 

A lavanda, ou alfazema, tem uma ampla variedade de usos e seu cultivo orgânico é especialmente valorizado pelos consumidores conscientes. Entre os itens que eles desenvolvem e comercializam estão produtos de cuidados com o corpo, aromaterapia, culinária e itens para o bem-estar.

- Publicidade -
Foto: Appalachian Botanical Co.

Cultivo orgânico da lavanda

A lavanda prospera em solo rochoso normalmente encontrado em uma mina de carvão recuperada. É resistente à seca e a pragas, requer apenas uma pequena quantidade de fertilizante orgânico durante o plantio, como o esterco de galinha. A espécie pode ser cultivada com sucesso sem o uso de pesticidas.

“Quando observamos nossas abelhas forrageando em nossos campos de lavanda, sabemos que estamos ajudando a proteger espécies cujo número caiu drasticamente nos últimos anos.”

Appalachian Botanical Co
plantação de lavanda
Foto: Appalachian Botanical Co.

O trabalho de transformar lavanda em produtos de valor agregado também oferece benefícios financeiros aos operadores de minas de carvão, já que eles são legalmente obrigados a restaurar as terras que mineraram. É uma situação ganha-ganha-ganha.

Negócio de impacto positivo

Um dos maiores focos da empresa é dar oportunidade de emprego flexível para pessoas em situação de vulnerabilidade, como ex-usuários de drogas, ex-detentos, pessoas com baixo nível de escolaridade ou com pouco acesso à empregos para que tenham oportunidades com remuneração decente.

“Estamos contratando e treinando trabalhadores que antes estavam desempregados ou subempregados, alguns dos quais perderam seus empregos durante a retração da indústria do carvão nos últimos anos. Nossos únicos requisitos formais de trabalho são que os trabalhadores tenham pelo menos 18 anos de idade e sejam aprovados em um teste de drogas. Pagamos acima do salário mínimo”, diz a empresa em seu site.

A empresa se associou a organizações externas e fornece os serviços de suporte necessários para ajudar seus trabalhadores a se manterem em seus empregos – 85 vagas já foram geradas ao longo do processo. Eles ainda fornecem alguns serviços de apoio próprios, como transporte, refeições e roupas. 

Atualmente a Appalachian Botanical Co. ocupa 40 hectares de uma antiga mina (cerca de 40 campos de futebol) mas pretende expandir a plantação de lavanda por mais 100 hectares replicando o modelo.

Veja também o projeto de reflorestamento que está transformando o Paquistão.

- Publicidade -