longa vida
Novo material foi desenvolvido para estruturação e reforço. | Foto: Artecola
- Publicidade -

A empresa Artecola lançou criou um novo produto a partir da reciclagem de caixas longa vida. Intitulado “Afix Arteforro”, o material foi desenvolvido para uso na estruturação e reforço de bolsas. 

Com 90% de sua matéria-prima originados da reciclagem de caixas da Tetra Pak, parceira no projeto, o produto foi lançado durante a Fimec 2022, feira que reúne o setor coureiro-calçadista em Novo Hamburgo (RS). 

“Nossa empresa quer liderar a mudança tecnológica pela sustentabilidade, e a cocriação é um de nossos pilares estratégicos. Nesse contexto, firmamos parceria com esta grande fabricante de embalagens longa vida para dar novo destino a parte de seus resíduos. Nosso propósito é gerar inovação sustentável”, ressalta o Presidente Executivo da Artecola, Eduardo Kunst.

- Publicidade -

Reutilizando caixas longa vida

As embalagens longa vida são usadas em larga escala e, até hoje, são de difícil reciclagem e aplicação por apresentarem três materiais diferentes em sua composição. A separação deles, quando possível, resulta em um plástico reciclado com mistura de papel e alumínio. 

“Somos a única empresa na América Latina que produz para o mercado produtos extrusados com fibra vegetal em sua composição. Isso facilitou nossa pesquisa para o desenvolvimento do Arteforro, porque já dominamos o processo com a mistura de fibras vegetais ao polímero”, diz a Doutora em Ciência e Tecnologia dos Materiais Alessandra Lemos, que atua na área de P&D da Artecola.

reutilizando longa vida
Foto: Artecola

O novo produto contém 90% de matéria-prima reciclada, apresenta alta performance e é 100% reciclável. Todas estas características estão dentro do conceito de economia circular. 

“Criar um produto 90% reciclado e de alta performance ainda é um desafio. Conseguimos vencer esta barreira. O mercado de bolsas apresenta demanda média de 600 mil m²/ano de material estruturante. Se nosso produto fosse aplicado em toda esta demanda, seriam 360 toneladas de embalagens longa vida recuperadas por ano”, compara Kunst.

A Tetra Pak trabalha com uma rede de cooperativas de catadores com 1.500 cooperativas cadastradas em todo o Brasil. São mais de 1 milhão de coletores de lixo, que dependem dessa atividade para o sustento familiar. 

“Estimulamos a reciclagem, ajudamos a gerar renda e tornamos nosso produto mais sustentável, fomentando a sustentabilidade em toda a cadeia”, finaliza Kunst.

LEIA TAMBÉM:

- Publicidade -