Um executivo(a) corre nas ruas de Nova York com uma pasta na mão e o copo de café na outra. Apesar de clichê, a cena retrata uma hábito tanto comum como preocupante: estima-se que 600 bilhões de copos de café são descartados todos os anos no mundo. Amenizar tal problema é um desafio, mas algumas soluções têm surgido: a rede de cafés Think Coffee começou a distribuir copos reutilizáveis aos clientes e, com o sucesso, agora vai expandir o programa para suas 11 filiais de Nova York.

A cafeteria permite que os clientes levem os copos com café e tragam-os na próxima visita à loja. Nem precisa lavar, basta entregar o copo sujo que a loja se encarrega de servir o café em um copo limpinho e higienizado.

Para a iniciativa, a Think Coffee adotou um modelo de copo feito com 50% de plástico reciclado e 50% de casca de café, que são resíduos aproveitados do processo de produção de café. Com o mesmo material também são produzidas as tampas. Intitulado Huskee Cup Swap, o copo pode ser transformado novamente em novos copos ao final da vida útil. Tal compromisso a empresa tem assumido, nos últimos sete anos, com a compostagem de copos, tampas e outras embalagens usadas na rede de lojas.

Copo reutilizável feito de casca de café
Foto: Divulgação

Casca de café

“Nosso objetivo é facilitar ao máximo que os clientes consumam menos. A chave foi encontrar um copo que todos desejariam usar regularmente. As Huskee Cup têm um ótimo design, fácil de limpar e de beber. Além disso, são fabricadas com um subproduto orgânico do processo de moagem de café”, afirma Taylor Bloom, barista da Think Coffee em Manhattan.

Além de ser livre de Bisfenol A, o copo é produzido com materiais testados e com garantia de que são seguros para alimentos. “Trabalhamos em estreita colaboração com nossos fornecedores de cascas para garantir que nenhum material ou produto químico perigoso fosse usado durante o processo para obter as cascas”, garante a companhia.

Na busca de soluções

Um lugar que tem se empenhado em estimular o uso de copos reutilizáveis é o Reino Unido: Aumento nas vendas de copos de café reutilizáveis já é realidade.

Outra solução que poderia ser mais simples e fácil de adotar individualmente é desacelerar. Ou seja, os amantes do bom cafezinho poderiam apreciar a bebida dentro dos estabelecimentos, sem precisar se preocupar com copos para viagem. Difícil é convencer toda uma sociedade a fazer isso. E pior: em tempos de aplicativos de entrega de comida, o problema ainda assim persistiria. Logo, pensar em embalagens retornáveis é essencial. Veja um modelo interessante adotado na Austrália: Empresa australiana cria sistema de embalagens retornáveis.

Leia também: Borras de café são transformadas em xícaras compostáveis.