- Publicidade -

Quando descartado incorretamente, o lixo eletrônico pode causar danos à saúde e ao meio ambiente. Isso ocorre porque ele contém componentes tóxicos, tais como chumbo, cádmio, berílio e mercúrio.

Porém, enquanto alguns simplesmente descartam, outros reaproveitam esse “lixo” transformando-o em arte.

O CicloVivo separou mais alguns exemplos (veja outros) do que pode ser feito com o lixo eletrônico. Confira as imagens em nossa galeria ao lado.

- Publicidade -

Esculturas de vírus

O artista Forrest McCluer recolheu 30 computadores que haviam sido jogados no lixo e resolveu transformá-los em arte. Suas esculturas imitam a estrutura de vírus humanos, como o da gripe, por exemplo. Eles são feitos de componentes como capacitores, chips e HDs. O artista ainda está desenvolvendo novos projetos a partir desses 30 computadores encontrados.

Máscaras de ficção científica

Essas máscaras (que parecem vindas direto de um filme de ficção científica) são mais um exemplo do que é possível fazer utilizando o lixo e a criatividade. Existem máscaras para todos os gostos: robôs, aliens, monstros e etc.

Sofá de computadores

Assim como os celulares, o computador é um aparelho que se torna ultrapassado muito rapidamente e normalmente acaba sendo descartado. Porém, este curioso sofá é mais um exemplo de como podemos reaproveitar o aparelho. Ele foi todo montado com 20 Macintosh II e é todo desmontável, facilitando o seu transporte. Aparentemente o sofá é desconfortável, mas ele pode se tornar um pouco mais confortável com materiais reutilizados, por exemplo, se for coberto por mouse pads.

+ Designer cria acessório que transforma garrafa PET em regador

+ Artista de rua usa lama para fazer grafite

- Publicidade -