Inicio Cidadania Alemães criam plataforma que ajuda a abrigar refugiados

Cidadania

Alemães criam plataforma que ajuda a abrigar refugiados

A ferramenta facilita a mediação sem receber dinheiro em troca.

11 de novembro de 2015 • Atualizado às 16 : 28

780 alemães já ofereceram suas casas. | Foto: Refugees Welcome

Alemães criam plataforma que ajuda a abrigar refugiados
33
0

Se por um lado há uma forte xenofobia europeia, por outro há sempre aqueles que vão contra a maré. Exemplo disso, é a plataforma “Refugees Welcome” criada por europeus para unir refugiados e pessoas dispostas a recebê-los em casa.

A ideia está sendo chamada de “Airbnb para refugiados”, em referência a ferramenta que conecta pessoas do mundo inteiro que querem alugar casas por um curto período. Diferente da plataforma paga, o Refugees Welcome, criado por um casal alemão e uma estudante, facilita a mediação sem receber dinheiro em troca. As famílias que abrem suas portas, por sua vez, podem receber apoio de doações pelo site. Isso significa que quem não puder abrigar, tem a possibilidade de contribuir com a estadia de um refugiado em outra casa.

Segundo o The Guardian, 780 alemães já ofereceram suas casas e 26 pessoas já foram instaladas. Não há um perfil de alemães – são pessoas de diferentes níveis econômicos, em diferentes áreas de trabalhos, de 21 a 65 anos.

Tudo indica que a ideia deve se alastrar por outros países. O trio já recebeu pedidos de informação da Grécia, Portugal, Escócia, Austrália e Estados Unidos.

Já foram ajudadas pessoas do Afeganistão, Burkina Faso, Mali, Nigéria, Somália, Síria e Iraque. Conheça a plataforma aqui.

Redação CicloVivo

 

(33)

logo
Fechar
Abrir
logo