Danny Nickerson é um garotinho norte-americano de apenas cinco anos. Seu sorriso é o de uma criança saudável, mas há dez meses ele foi diagnosticado com um tumor inoperável no cérebro. Uma das coisas preferidas de Danny é receber cartões. Assim sendo, sua mãe encontrou uma maneira diferente de comemorar seu aniversário de seis anos: pedindo a estranhos que mandassem cartas de qualquer lugar do mundo para o menino.

A família mora em Massachusetts, nos Estados Unidos. A mobilização da mãe começou com apenas um flyer, mas logo a ideia foi mostrada em veículos da mídia local e, como a internet ajuda a popularizar tudo rapidamente, já alcança outros países.

A ação é simples. O pedido da mãe é de que as pessoas apenas mandem um cartão com felicitações ou mensagens de aniversário, para que o garoto se sinta animado em seu aniversário. Em entrevista à ABC News, Carley Nickerson, mãe de Danny, disse que até a última semana ele já havia recebido 40 cartões.

“Ele consegue reconhecer seu próprio nome agora. Quando ele leu o nome nos pacotes de presentes de páscoa, ele ficou tão feliz”, informa a mãe. A estratégia agora é deixar que o próprio garoto cheque as correspondências, e Carley garante que ele fica muito feliz quando recebe uma nova carta.

O exemplo de Danny é uma demonstração de que a felicidade pode estar em coisas simples. O CicloVivo achou essa ideia muito legal. Se você compartilha do mesmo pensamento e deseja mandar uma cartinha para este lindo garotinho, escreva para: Danny Nickerson, P.O. Box 212, Foxboro, MA, 02035.

(Obs: O aniversário de Danny é no dia 25 de julho, mas nós achamos que ele ficará feliz mesmo se a correspondência chegar atrasada.)

Por Thaís Teisen – Redação CicloVivo

Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.