22 pequenos hábitos para melhorar sua qualidade de vida

A soma de pequenas mudanças pode fazer uma diferença enorme para quem quer criar uma rotina mais equilibrada e feliz

saúde felicidade
Foto: Noah Buscher na Unsplash

Atividades que são repetidas conscientemente se tornam hábitos que acabam incorporados na nossa rotina – e depois se tornam um padrão. Isso vale para escolhas positivas, como o autocuidado, ou para aquelas que nem sempre fazem bem, como uma dieta desequilibrada. O fato é que nosso dia a dia é formado por “pequenas” ações e, quando somamos o resultado de todas elas, vemos a diferença na nossa qualidade de vida, bem-estar e emoções.

Uma das teorias mais conhecidas sobre a formação de hábitos e de como transformá-los foi formulada pelo psicólogo e cirurgião plástico norte-americano Maxwell Maltz: o cérebro humano precisa de pelo menos 21 dias até que os novos hábitos se tornem automáticos. E mais: a chave está na rotina! É preciso persistir até que as mudanças sejam absorvidas naturalmente, sem que seja necessário um grande esforço para executá-las.

Sabendo disso, vale a pena refletir sobre os hábitos pessoais e repensar nossas escolhas. E podemos fazer isso de uma forma leve e prazerosa. Pensando em ajudar as pessoas a construírem uma rotina mais equilibrada e feliz, a marca de alimentos saudáveis Jasmine traz 21 sugestões de “pequenos grandes hábitos” para melhorar nossa qualidade de vida. A campanha propõe que as pessoas escolham algum “habitinho” para incluir na rotinha por pelo menos 21 dias e descobrir a diferença!

Todas as dicas são baseadas em estudos científicos. “Pequenas mudanças de hábitos são mais simples de serem incorporadas à rotina do que mudanças radicais. A soma dos novos habitinhos pode trazer um impacto positivo significativo às nossas vidas”, explica Adriana Zanardo, nutricionista da E4, consultoria da Jasmine.

22 “habitinhos” para trazer qualidade de vida

endorfina bem estar
Foto: iStock
  1. Ritual da manhã– Ao acordar, substitua os 15 minutos usando o celular por um alongamento;
  2. Organize seus horários– O planejamento de tempo é um dos maiores desafios da atualidade. Por isso, é importante priorizar seus compromissos incluindo o autocuidado na agenda;
  3. Exercite o seu cérebro com a prática da leitura– Alguns minutos por dia ao acordar é uma estratégia que pode promover excelentes resultados para a sua saúde cognitiva;
  4. Pratique o autoconhecimento– É importante se observar para entender qual a melhor dinâmica para você. No trabalho, por exemplo, é possível produzir mais em menos tempo. Para isso, vale observar sua rotina, necessidades e objetivos;
  5. Cuide da sua mente– Lembre-se de que saúde física e mental estão interligadas. Por isso, uma das estratégias mais efetivas é investir em uma atividade física capaz de promover diversos benefícios ao corpo e mente;
  6. Priorize a hidratação– A dica nutricional é calcular 35 ml de água por cada quilo para chegar na quantidade diária recomendada para adultos saudáveis;
  7. Quando tiver a oportunidade de escolha, prefira as escadas ao elevador;
  8. Durante o trabalho, faça algumas pausas para descanso;
  9. No trânsito, ao invés de deixar o estresse tomar conta do seu estado emocional, opte por ouvir uma música ou aquele podcast que você estava adiando;
  10. Comece a ler o rótulo das embalagens– O selo de alto teor na embalagem frontal dos alimentos indica o excesso de açúcar, gordura saturada e sódio do produto, fique atento;
  11. Crie um planejamento para sua rotina alimentar– Mantenha saladas e frutas picadas, por exemplo, para facilitar o preparo das refeições;
  12. Na hora da refeição, reduza o uso do celular ou outras distrações. Se possível, mantenha o foco total na sua alimentação;
  13. Evite alimentos ultraprocessados como refrigerantes e guloseimas como bolachas recheadas – a regra de ouro é substituir essas opções por alimentos naturais e minimamente processados;
  14. Consuma óleos, gorduras, sal e açúcar em pequenas quantidades – o consumo excessivo de açúcar aumenta o risco de cárie dental, obesidade e de várias outras doenças crônicas;
  15. Inclua em suas refeições vegetais, frutas, oleaginosas e sementes como gergelimchialinhaça, além de grãos integrais, bem como legumes, gorduras saudáveis, como azeite de oliva extravirgem, abacate e proteínas brancas sem excessos de gorduras saturadas;
  16. Evite bebidas e alimentos estimulantes como café, chá mate e chocolate antes de dormir;
  17. Para quem não renuncia ao chocolate, prefira o chocolate amargo, com teor de cacau acima de 70%, com menos açúcar e mais antioxidantes naturais do cacau. Isso pode contribuir para um sabor mais intenso e menos dulçor;
  18. Mantenha por perto opções saudáveis para saciar a fome ao longo do dia;
  19. Incentive as crianças a participarem das preparações das refeições, aproximando-as do universo saudável;
  20. Inclua tempo de lazer em sua rotina– atividades ao ar livre, meditação, ouvir sua playlist favorita e praticar esportes são algumas alternativas;
  21. Conecte-se com a natureza, o mundo natural, seus ciclos e estímulos trazem benefícios para nossa saúde física e mental;
  22. Tenha metas alcançáveis. Toda mudança leva um certo tempo até ser absorvida. Por isso, celebre suas pequenas vitórias e não desista.
alimentos saúde
Foto: Jannis Brandt na Unsplash

Para saber quais propostas da marca se encaixam melhor no seu momento atual acesse o site da campanha e faça o quiz. No portal você também recebe conteúdos gratuitos para inspirar sua jornada saudável. Aproveite!