Por Casa.com.br

O verão vem chegando ao fim e as noites estão começando a ficar mais geladinhas. Para quem gosta de um friozinho, essa é a hora de tirar aquela coberta do armário, preparar um chá e se afundar em uma série da Netflix. Parece perfeito, não? Mas essa época do ano também é quando aqueles resfriados, gripes e rinites chegam para acabar com o humor de qualquer um.

Neste momento em que devemos estar em casa para evitar a propagação do coronavírus, cuidar da limpeza do nosso espaço é ainda mais importante. Com algumas medidas na arrumação e na limpeza da casa é possível evitar uma série de doenças.

Veja algumas dicas de organização para livrar a casa das bactérias e dos vírus!

Use produtos que sejam bactericidas

Foto: Reprodução | Casa.com.br

Cloro, peróxido de hidrogênio, detergentes (sabão), iodóforos (anti-sépticos à base de iodo) ou álcoois são eficazes para matar micróbios.

Sempre siga as instruções

Foto: Reprodução | Casa.com.br

Só dar uma passadinha de pano com desinfetante pode não ser suficiente para limpar de verdade as superfícies. Cada produto precisa de um certo tempo e modo de aplicação para “fazer efeito”. Leia os rótulos e siga os passos indicados nas embalagens.

Para alguns casos, produtos descartáveis

Foto: Reprodução | Casa.com.br

Sim, sabemos que a sustentabilidade é algo fundamental a ser considerado, mas lenços e toalhinhas de panos podem ser grandes transmissores de germes. Se puder, faça a opção por produtos de papel, que não demoram tanto para se decompor e não carregam seu resfriado por aí.

Troque e lave seus panos com mais frequência

Foto: Reprodução | Casa.com.br

As toalhas de rosto que ficam ao lado da pia, panos de prato e esponjas são objetos que carregam naturalmente mais bactérias consigo, porque são aqueles que manuseamos mais. Durante o inverno, recomenda-se lavá-los (ou trocá-los) com mais frequência.

Não se esqueça das maçanetas e dos puxadores

Foto: Reprodução | Casa.com.br

Seja limpando a cozinha, quarto ou sala, não esqueça de desinfetar as maçanetas das portas, puxadores de gavetas e armários, controles de TV e videogame, as torneiras das pias e os interruptores de luz. Todos eles podem passar batido na faxina, mas são muito manuseados no dia a dia.

Até as telas devem ser higienizadas

Foto: Reprodução | Casa.com.br

Já parou para pensar em quantas vezes você pegou seu celular hoje? Pois é. Telas de celulares e tablets também podem ser veículos para germes. Existem produtos específicos que podem ser usados para limpar telas de dispositivos sem danificá-los.