Por meio de um concurso internacional, a Convenção de Ramsar, com sede na Suíça, buscou envolver os jovens nas ações de conservação da biodiversidade. Jovens de diversos países submeteram suas fotos para o concurso World Wetlands Day para serem avaliadas pelos jurados, oito deles são finalistas.

Foram inscritas mais de duas mil fotos. Dos oito finalistas, com idade entre 15 e 24 anos, dois jovens são brasileiros: o pernambucano Hélder Santana e a cearense Stéfany Nobre. O vencedor ganhará uma passagem para visitar a área úmida de sua escolha, em qualquer lugar do mundo.

Confira as fotos dos brasileiros que concorrem ao prêmio:

“Rio Capibaribe, Pernambuco, Brasil”, de Hélder Santana


© Todos os direitos reservados.

 “Libélula, Pacatuba-CE, Brasil”, por Stéfany Nobre


© Todos os direitos reservados.

Abaixo, as imagens dos demais finalistas:

“Pântano de Fuecchio, Itália”, de Francesca Negrini


© Todos os direitos reservados.

“As crianças da tribo Bla'an, no sul de Cotabato, Filipinas”, por Jobert Espino


© Todos os direitos reservados.

“Parque Nacional de Sarek, na Suécia”, de Andreas Raukas


© Todos os direitos reservados.

“Lago de Yanicaga, na Turquia”, de Aycin Sak


© Todos os direitos reservados.

“Pantanais de Peka Peka, na Nova Zelândia”, de Matt Flower


© Todos os direitos reservados.

“Lagoas de Piccanninie, sul da Austrália”, por Jade Rose.


© Todos os direitos reservados.

Desde os anos 70, a cidade de Ramsar, no Irã, realiza a Convenção sobre Áreas Úmidas de Importância Internacional, mais conhecida como Convenção de Ramsar. O evento estabelece marcos para ações fundamentadas no reconhecimento da importância ecológica e do valor social, econômico, cultural, científico e recreativo de tais áreas. Ainda é possível votar nas fotos através do site do concurso.

Redação CicloVivo

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.