O Instituto Internacional Arayara, 350.org e Observatório do Petróleo e Gás criaram uma campanha para protestar e exigir mais empenho na contenção do vazamento. Com humor ácido, o grupo simula uma propaganda de brinquedos banhados por óleo.

A crítica do vídeo fica ainda mais clara ao final, quando são mostradas imagens reais de animais contaminados pelo óleo. O alerta e apelo são claros: “Não deixe o maior vazamento de óleo da história do Brasil virar brincadeira”.

Situação

Há mais de 100 dias teve início o maior vazamento de óleo da história do Brasil. A contaminação que começou pela costa nordestina já chegou ao litoral sudeste e atinge 11 estados. Desde o dia 30 de agosto já foram retiradas mais de 10 mil toneladas de óleo e resíduos das praias. A maior parte desse trabalho foi (e tem sido) feita por voluntários. Além disso, 14 unidades de conservação na costa brasileira foram atingidas, matando animais, prejudicando a economia da região e afetando milhões de pessoas.

O vazamento vai impactar a costa brasileira por décadas, prejudicando pescadores, marisqueiras, a economia do turismo e outros setores.

Até o momento não se tem nenhuma resposta sobre a origem do vazamento para esse que é um dos maiores desastres ambientais da história do litoral brasileiro.

Confira a campanha no Youtube criada e desenvolvida pela INNOCEAN.