mini hidroelétrica
O hidrologista David Brailey fica acima de um vertedouro no projeto hidrelétrico de Juniper Creek. Foto: Loren Holmes | ADN
- Publicidade -

Dave Brailey é um hidrologista aposentado que vive em uma propriedade na região montanhosa de Eagle River, uma comunidade dentro do município de Anchorage, no Alasca. Há mais de 10 anos, ele começou a projetar uma hidroelétrica e, no final de julho, seu projeto passou a fornecer eletricidade para as casas da vizinhança.

O que começou com uma ideia utópica, hoje pode fornecer energia para mais de 300 famílias. O Projeto Hidrelétrico Juniper Creek foi conectado a Associação Matanuska Electric no dia 24 de julho de 2021, com capacidade de gerar até 300 quilowatts.

Os custos de US $ 1,7 milhão foram todos pagos com recursos próprios, apesar das inúmeras tentativas de se conseguir verbas públicas para o projeto. Dave e sua esposa Melanie Janigo se uniram a outro casal, com quem dividem o terreno, e hoje os 4 proprietários de uma moderna hidroelétrica.

- Publicidade -

Há mais de 10 anos, Brailey cuida pessoalmente do planejamento e da maior parte do trabalho físico, com a ajuda ocasional de familiares e amigos. Ele contratou um engenheiro civil para supervisionar o projeto e outros especialistas para trabalhos especializados e pagou uma empresa de helicópteros para transportar materiais como grandes seções de tubos.

mini hidroelétrica
Parte do fluxo de um riacho alimentado por nascente, à esquerda, é desviado para um vertedouro, à direita, antes de fluir por um tubo de 18 “para uma cabana de gerador no projeto hidrelétrico. Toda a água retorna para Falling Water Creek depois de deixar a cabana do gerador. Foto: Loren Holmes | ADN

O projeto

Um cano de 18 polegadas coleta a água e a leva por quase 400 metros para uma usina gerida por computador que fornece eletricidade para linhas de força. Uma nascente na encosta da montanha também contribui com água, mantendo o projeto funcionando o ano todo. Uma trilha de construção íngreme em zigue-zague conecta todas as estruturas.

De acordo com Brailey, em seu pico no verão, a usina hidrelétrica Juniper Creek pode fornecer energia para mais de 300 residências. Em seu ponto mais baixo, em maio, fornecerá energia para cerca de 50 residências. Segundo ele, o projeto se pagará em cerca de 15 anos e produzirá energia elétrica por várias gerações.

“Sempre pensei que temos que fazer algo a respeito das emissões de carbono, e esse se tornou meu propósito na vida, fazer algo por meus filhos e pela humanidade no futuro.”

Dave Brailey
mini hidroelétrica
O projeto hidrelétrico de passagem de 300 kW perto de Ram Valley entrou em operação no final de julho. Foto: Loren Holmes | ADN

Apesar de fornecer uma pequena parte da energia distribuída pela Matanuska Electric, a hidroelétrica é um projeto único. Primeiro porque nasceu da motivação de um indivíduo e não de uma empresa ou instituição.

Outro diferencial é que ao contrário das soluções “residenciais” mais comuns, como painéis solares ou até mini turbinas eólicas, a hidroelétrica criada por Dave é diferente porque fornece energia de uma maneira constante e para um grande número de residências.

mini hidroelétrica
David Brailey examina um riacho alimentado por uma nascente que deságua no projeto hidrelétrico Juniper Creek. Foto: Loren Holmes | ADN

Com informações de Anchorage Daily News

- Publicidade -