Ora-pro-nóbis
Foto: Andréia Bohner | Flickr

A ora-pro-nóbis é uma PANC (Planta Alimentícia Não Convencional) que vem chamando cada vez mais a atenção. Isso porque suas folhas têm uma sabor delicioso e também um alto índice de proteínas, o que a torna uma boa alternativa em dietas sem produtos de origem animal.

Em Mina Gerais, onde é mais popular, a ora-pró-nobis é inclusive conhecida como “carne de pobre” e é utilizada com certa frequência!

Seu nome científico é Pereskia aculeata e ela éuma planta nativa da flora brasileira, da família dos cactos. É bastante rústica e nasce espontaneamente em quintais. A espécie possui uma das maiores ofertas de proteínas vegetais, mais especificamente 25, 4%, em suas folhas, o que justifica o apelido de carne vegetal.

Além de ser um ótimo alimento para o corpo, ela também enche os olhos, com suas folhas verde oliva carnudas e flores brancas com miolos amarelos alaranjados que de tão perfeitas as vezes parecem artificiais.

Como plantar ora-pro-nóbis?

É uma ótima opção para locais de bastante sol, mas também conseguem se adaptar à meia sombra (sol fraco da manhã e/ou do final da tarde), mais secos e quentes e com solo não tão rico em nutrientes. 

Podem ser plantadas em vasos, e toleram ventos, mas não gostam muito de alta umidade, pois isso pode causar fungos em suas folhas.

ora-pró-nobis

Na hora de regar, é importante falar que estamos falando de um cacto, com espinho e tudo, e que, portanto, não exige regas tão frequentes. O ideal é sempre fazer uma rega abundante, molhando bem o solo ou substrato e depois só voltar a regar quando o mesmo estiver seco por completo.

A adubação pode ser duas vezes ao ano, com adubos orgânicos, preferencialmente no final do invernos e início do verão.

A poda é outro manejo muito importante para essa espécie lenhosa, ou seja, que tem seus galhos mais duros como de árvore, sendo fundamental a poda de limpeza e crescimento, tirando galhos secos e coordenando sua forma de crescimento.

Faça as podas na época de outono ou inverno, e em dias de lua minguante, preferencialmente.

Mudas

Para se fazer uma muda de Ora-Pró-Nobis, pode ser pelo método de estaquia, retirando um galho da parte mediana da planta mãe e das pontas, de aproximadamente 10 a 15 cm, subtraindo as folhas da parte inferior com uma tesoura e  com cuidado para não danificar as gemas do galho. Deixe apenas 1/3 de folhas, e estas cortadas ao meio. Coloque o galho em um vaso com a mistura de uma parte de substrato para mudas e uma parte de areia lavada, e aguarde o enraizamento, que será indicado quando o galho começar a gerar novos brotos, em torno de 2 a 3 meses depois.

Receitas

Além de comestíveis, suas folhas e flores são utilizadas para fins medicinais como cicatrizante e anti-inflamatório. Porém, lembre-se sempre de ter a orientação correta antes de se automedicar, pois, mesmo sendo de fonte natural, pode haver riscos a saúde se mal utilizada.

Na cozinha, o jeito mais simples de preparar é refogar as folhas com alho e azeite, ou com o seu tempero favorito. Uma outra alternativa é usar em outros pratos como complemento.

Uma dica rápida, é usar as folhas da Ora-Pró_Nobis para “turbinar” seu feijão. Sim, quando for cozinhar feijão, coloque algumas folhas da planta para que ele possa ser ainda mais rico em nutrientes como cálcio, ferro, fósforo, fibras e, claro, proteínas.

Outras ideias de receitas são pães e um delicioso hambúrguer.

hamburguer ora pro nobis
Preparação do hambúrguer de ora-pro-nóbis.