lata balde tinta reciclagem
Foto: Sven Brandsma | Unsplash
- Publicidade -

Você comprou uma lata ou um balde – ou várias latas e baldes – de tinta, terminou o que precisava ser feito com elas, mas o produto sobrou. Além da perda de qualidade dessa tinta na embalagem, ao longo do tempo, outra situação que costuma ocorrer com frequência com o consumidor é o descarte incorreto dos acessórios de pintura ao término das obras.

Para promover o descarte correto, Um grupo de empresas e entidades setoriais se reuniu e criou a ação “Pintou, Sobrou, Levou”, que acontece até dia 5 de maio, das 10h às 17h, em quatro pontos na cidade de São Paulo e com foco nos consumidores residenciais. Muitas pessoas descartam tintas e acessórios de pintura no ralo, em terrenos baldios – o que NUNCA deve ser feito, pois se trata de material perigoso para o meio ambiente e saúde humana.

Na página da campanha “Pintou, Sobrou, Levou” é possível ver os quatro pontos de coleta disponíveis na capital paulista – em redes de materiais para construção – e quais os itens que serão recebidos, assim como todos os envolvidos na iniciativa.

- Publicidade -

Além de trazer alternativas corretas para o descarte de sobras de tinta e acessórios de pintura usados, a campanha vai realizar uma sobre o comportamento do consumidor em relação a estes resíduos. Serão avaliadas, dentro do princípio da economia circular, alternativas para esses resíduos que apresentem viabilidades técnica e econômica.

descarte tintas
Imagem: Reprodução | Pintou, Sobrou, Levou

Consumo consciente de tintas

Na campanha, o consumidor é orientadoprincipalmente sobre o consumo consciente das tintas. Nesse sentido, é fundamental fazer um planejamento antes de pintar, ou seja, calcular quanto será necessário em embalagens de tinta a fim de evitar sobras. Isso significa dimensionar adequadamente a compra do produto: medir a área a ser pintada e verificar o rendimento do produto para determinar a quantidade necessária.

Uma dica relativamente simples e que pode ajudar nesse cálculo é verificar o site ou o serviço de “Atendimento ao Cliente” dos principais fabricantes, bem como o setor de atendimento das lojas. Nesses espaços, assim como na própria embalagem da tinta, é possível obter mais informações sobre o cálculo. Outra recomendação é que se comprem os acessórios adequados e na quantidade correta e que eles sejam utilizados de forma que durem de acordo com o esperado.

Tintas: o que NUNCA devemos fazer

Nunca se deve descartar sobras de tintas em esgotos (pelo ralo), tampouco em rios ou em terrenos baldios.

Caso parte do produto não vá ser utilizada, o melhor caminho – em termos econômicos, ambientais e sociais – é doar essa sobra a uma associação de bairro, igreja, escola, creche, casa de repouso ou instituição social, ou ainda para algum familiar, amigo ou vizinho. E importante: é fundamental que essa doação ocorra o mais rápido possível, a fim de preservar as características das tintas.

Em casos em que as sobras de tintas e acessórios usados precisem ser descartadas, é importante procurar locais de descarte específico de resíduos da construção civil.

Pesquisa

Como parte da campanha, será realizada uma pesquisa online com os consumidores a fim de se entender melhor o comportamento em relação à compra de tintas e acessórios de pintura, assim como ao descarte de sobras de tintas e dos acessórios pós-uso.

Para responder, clique AQUI.

tintas pintura
Foto: iStock

Pintou, Sobrou, Levou – descarte de tintas, embalagens e acessórios de pintura

  • Data: até 5 de maio de 2022
  • Horário: das 10h às 17h
  • Local: 4 lojas na cidade de São Paulo (SP)

Endereços:

  • C&C Aricanduva – Av. Aricanduva, 5.555
  • Leroy Merlin Morumbi – Av. Magalhães de Castro, 12.000
  • Telhanorte Marginal Tietê – Av. Presidente Castelo Branco, 6.201
  • Tintas MC Saúde – Av. Prof. Abraão de Morais, 378
descarte tintas
Imagem: Reprodução | Pintou, Sobrou, Levou

LEIA MAIS:

- Publicidade -