As tintas e vernizes de boa qualidade são sempre embaladas em latas ou galões de um material igualmente nobre: o aço. Além de tornar a embalagem mais segura, preservando o produto e evitando vazamentos, o aço é uma embalagem 100% reciclável que pode ser reciclada infinitamente.

Para permitir que pintores, marceneiros e consumidores de latas de tinta possam descartar corretamente as embalagens, foi criado a Prolata. Organizada pela Associação Brasileira de Embalagens de Aço (Abeaço), com apoio dos fabricantes de tintas, a Prolata tem como objetivo permitir que as latas usadas sejam descartadas de forma correta pelos consumidores e recicladas nas usinas siderúrgicas, transformando-se em novas latas ou outros itens que utilizam o aço como matéria-prima.

Veja as dicas da Prolata para reciclar as latas de tintas utilizadas:

1 – Em primeiro lugar, evite as sobras de tinta, economizando o seu dinheiro e poupando o meio ambiente. Antes de ir à loja de material de construção, meça as paredes que precisa pintar. Passe as medidas para o consultor técnico de tintas, um profissional disponível nas melhores lojas do mercado. Ele é o mais capacitado a te ajudar a calcular quantos galões você realmente vai precisar.

2 – Se você é daqueles que guarda restos de tintas dentro do armário para um dia utilizá-los, saiba que, se a lata for fechada direitinho, a tinta ainda vai durar algum tempo. Depois que a lata é aberta pela primeira vez, tintas à base de água duram cerca de seis meses (dependendo das condições climáticas e de acondicionamento). Mas isso também depende do prazo de validade da tinta, impresso na lata.

3 – Nunca jogue restos de tinta no vaso sanitário, na pia ou no bueiro. Que tal doar o que sobrou para um parente, vizinho, amigo ou utilizar para ajudar na pintura da escola do seu bairro?

4 – Conseguiu esvaziar a lata? Ótimo. Não é necessário lavar. O filme de tinta que sobra na superfície interna costuma secar em cerca de 24 horas e não atrapalha a reciclagem.

5 – Procure um Ponto de Entrega Voluntária (PEV) da Prolata e entregue a embalagem. Se a alça e a tampa também forem de metal, melhor ainda, pois tudo será reciclável. Para saber os endereços dos PEVs Prolata, basta clicar aqui.

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.