- Publicidade -

Projetado pelo desginer S Fahmi Yussofi como uma alternativa verde para os quiosques de rua, este conceito chamado de "EcoKiosk" tenta lidar com o cenário econômico atual e as questões climáticas. 

O Ecokiosk foi projetado para solucionar problemas e gerar rendimentos para o operador, para o negociante e beneficiará também o meio ambiente, reduzindo o impacto ambiental que uma estrutura desse tipo pode gerar. 

Alimentada pela energia captada pelos painéis solares no telhado, a unidade pode operar até dez horas com uma única carga, tornando-se capaz de funcionar durante a noite também. Além disso, para fins de aquecimento, ventilação e iluminação, o quiosque faz uso da luz natural. 

- Publicidade -

A estrutura possui padrão de alta qualidade com itens duráveis e recicláveis. Em cada lado da parte externa existem vasos, onde as plantas crescem e são capazes de absorver o dióxido de carbono atmosférico e ainda tornam-se elementos de reforço integrando formas estéticas. 

Desde que o projeto foi destinado a ser utilizado nas ruas, o quiosque foi concebido de forma que lhe permita captar a água da chuva, que pode ser armazenada em um tanque localizado embaixo do telhado e usada para regar as plantas ou servir como água de torneira. Além disso, existe também o gerenciamento dos resíduos sólidos e líquidos. 

O toldo retrátil se adequa às questões climáticas, como chuvas, e regula a direção do sol. O mecanismo especial pelo qual foi desenhado permite que a parte traseira seja estendida durante o uso para aumentar a área de trabalho interna oferecendo um ambiente de trabalho agradável aos funcionários. 

Redação CicloVivo

Siga as últimas notícias do CicloVivo no Twitter

- Publicidade -