- Publicidade -

Akinori Ito é o diretor executivo da empresa japonesa Blest e, mais do que isso, é o inventor de uma máquina que promete transformar plástico em petróleo. A ideia surgiu por causa de sua preocupação com o futuro do planeta.

Através de uma técnica japonesa, Ito desenvolveu uma máquina que pode ser capaz de revolucionar o descarte de resíduos e a produção de combustíveis. O equipamento funciona de maneira simples e rápida e pode solucionar alguns problemas constantes em países pobres.

O descarte e a destinação adequada dos resíduos sólidos são coisas que demandam muitos gastos financeiros. Quando não é possível ter uma estrutura adequada, o lixo fica poluindo o solo por centena de anos. Foi, justamente, para acabar com esse problema que Ito desenvolveu a máquina.

- Publicidade -

O equipamento funciona de forma simples, necessitando apenas de bastante plástico e água da torneira. Os resíduos são introduzidos na máquina e passam por um processo de aquecimento, que o derrete e absorve o gás da reação. Feito isso, um cano carrega esse gás e o transporta a um recipiente cheio de água, para que seja resfriado. O resultado final é um óleo, que pode ser usado para a fabricação de gasolina, diesel ou querosene e serve para movimentar carros, motos, aquecedores, entre outras coisas.

Para criar essa máquina, o inventor tinha em mente que fazer o processo inverso do plástico não poderia ser algo muito difícil. Realmente, após o resultado é possível comprovar que a técnica foi bastante simples, mas pode se tornar muito útil.

Ito estuda a criação de máquinas de diferentes tamanhos, que sirvam para o uso doméstico e também industrial. Ele já levou a máquina a países da África, Filipinas e para as Ilhas Marshall. O trabalho realizado nesses lugares é de conscientização, para que as pessoas passem a enxergar o lixo como fonte de renda, e não como problema.

O inventor lembra que o processo tradicional de retirada do petróleo e o caminho que ele percorre até chegar aos postos de gasolina deixam rastros enormes de CO2. A utilização da máquina é uma maneira de diminuir esses impactos negativos que o petróleo e o lixo causam à natureza.

Confira o vídeo

[VIDEO:do_plastico_ao_oleo]

Com informações da United Nation University

- Publicidade -