- Publicidade -

O The Phoenix é um carro conceito que soma criatividade, beleza e preocupação ambiental. O automóvel é o primeiro carro biodegradável do mundo e ainda possui um design elegante e futurista.

O Phoenix é o mais recente empreendimento do filipino Kenneth Cobonpue, designer industrial, em parceria com o aprendiz Alberth Birkner. O modelo desenvolvido por eles encontra uma solução mais ecológica para o problema de descarte dos carros antigos que estão fora de circulação.

Alguns ferros velhos ainda aproveitam as peças destes carros mas ainda assim o que sobra é descartado e muitas vezes contaminam lençóis freáticos e solos. O The Phoenix não tem este problema, uma vez que é totalmente biodegradável. Os materiais naturais que o compõem degradam naturalmente no meio ambiente.

- Publicidade -

Cobonpue coleciona e mexe com carros antigos. No entanto, sua preocupação com o meio ambiente é a verdadeira inspiração por trás deste projeto. Quando pressionado sobre este carro ele afirma que, embora a fabricação de automóveis exija um processo de alta tecnologia onde emprega-se robôs e processos complexos; talvez tudo isso possa ser eliminado com uma solução simples: fazê-lo à mão.

Este veículo foi exibido em uma exposição em Milão, Itália, e é constituido principalmente de bambu, vime, aço, nylon e fibra de carbono, que o tornam mais ecologicamente correto. Ele foi desenhado na forma de um pássaro e a parte posterior abriga o motor e lâmpadas de LED.

O carro possui uma espécie de data de validade. Para construí-lo são necessários somente dez dias e seu tempo de vida é em média 15 anos. Depois disso ele pode ser descartado que praticamente não causará danos ambientais.

Este tempo de vida útil corresponde ao período que os consumidores consideram como usáveis, nos veículos comuns, preenchendo as necessidades do mercado e colaborando com o planeta.

A idade média de um automóvel é de cinco a dez anos no mundo industrializado e o subsequente processo de trituração e reciclagem de carros gasta uma energia intensiva, cara e ineficiente. Deste modo, ter um veículo biodegradável se torna uma boa opção.

O projeto é de fato um carro que não só irá cumprir jornada diária de uma pessoa, mas também manterá a natureza pura e limpa.

Redação CicloVivo

Siga as últimas notícias do CicloVivo no Twitter

- Publicidade -