- Publicidade -

A preocupação com o meio ambiente tem feito com que muitos governos invistam em novas tecnologias e incentivem sua população a adotarem os transportes públicos como meio de reduzir a emissão de CO2. Movidos por esta preocupação, designers do mundo todo criam objetos que possam causar o menor impacto possível à natureza.

Uma das novas ideias de baixo impacto foi criada pelo designer húngaro, Peter Simon, que desenvolveu um ônibus sustentável que não emite gás carbônico. O ônibus conceito chamado Credo E-Bone é uma criação que tem por objetivo tornar o transporte público mais ecológico com sua visão de futuro mais verde. Em pouco tempo, todos poderemos passear em ônibus de plástico movidos à hidrogênio.

O E-Bone é um ônibus de emissão zero que gera energia a partir de um sistema de células combustíveis de hidrogênio e baterias de íon-lítio. Ele é alimentado por quatro motores elétricos (um em cada roda), e leva as suas fontes de energia em seu telhado.

- Publicidade -

A carcaça do ônibus foi fabricada por uma série de compostos de baixo peso incluindo um grande número de compostos plásticos leves, com uma estrutura semelhante ao osso. A construção leve faz o conceito de eficiência energética, o que melhora seu desempenho.

O nome de E-Bone, embora incomum, na verdade, refere-se a estrutura do esqueleto, como os ônibus e as capacidades de tração elétrica.

Embora apenas conceito, o Credo E-Bone parece colidir aparência e alta tecnologia e nos dá pista sobre o que pode ser feito quando a mente e o dinheiro se reúnem para elaborar um ônibus como nenhum outro. Simon não apresentou quaisquer especificações desta máquina verde, mas a galeria de imagens é certamente digna de um olhar.

Siga as últimas notícias do CicloVivo no Twitter

- Publicidade -