- Publicidade -

As catracas estão espalhadas por toda parte. Ao passar por elas, é preciso girá-las uma vez, em uma direção. Essa rotação é ignorada pela maioria das pessoas, mas esse grupo não inclui os alunos da equipe de projeto VIVA, da Universidade de Technologia de Guangdong. Para eles, esse fenômeno comum tornou-se uma maneira criativa de proteger o meio ambiente. 

Green Pass foi o nome escolhido para a catraca que se autoabastece. Aparentemente ela é um objeto normal, porém o giro na catraca permite que as pessoas façam parte do processo de produção de energia cinética, que é transformada em energia elétrica. Esse combustível possibilita a utilização de cartões, a inserção de moedas, bilhetes ou permitir que a catraca conte o número de pessoas que passam pela catraca. A alternativa é uma maneira moderna para alcançar auto suficiência energética. 

Em 2010 na cerimônia de premiação Taiwan LITE-ON sob a aprovação do líder do Distrito de Taiwan, Ma Yingjiu, a Green Pass ganhou a primeira colocação e ganhou a honra de projetos de design da China Continental. 

- Publicidade -

A equipe de designers do projeto VIVA foi fundada e liderada pelo Departamento de Design Industrial da universidade, com o professor Zhao Bi, incluindo os alunos Su Meixian, Chen Fengming, Chen Yujie, Li Yuke, Lu Fengchi e Liang Jiaming. Desde que o grupo foi formado, os estudantes trabalham na concepção da Green Pass, que venceu competições nacionais e internacionais. Os prêmios recebidos, inclui os chamados “Oscar do Desenho Industrial” – Prêmio Conceito Alemão IF, bem como outros na Coreia do Sul, Itália e muitos países, com um total de mais de 20 prêmios.

Redação CicloVivo

Siga as últimas notícias do CicloVivo no Twitter

- Publicidade -